Banco de sangue do HPS segue sem prazo para reabrir

Banco de sangue do HPS segue sem prazo para reabrir

Transfusões são realizadas através de parceria com o Hemocentro do Estado

Por
Samantha Klein

O banco de sangue não tem previsão de reabertura.


publicidade

O banco de sangue do Hospital de Pronto Socorro (HPS) de Porto Alegre está fechado desde outubro de 2018 e não tem data para ser reaberto. As transfusões, no entanto, segundo a direção da instituição, não foram foram prejudicadas. Um convênio com o Hemocentro do Estado supre a necessidade de sangue e seus derivados, de acordo com a diretora-técnica do HPS, Juliana Weidlich Sommer.

O local funciona apenas para o armazenamento das bolsas obtidas junto ao Hemocentro. "Todos os derivados do sangue estão sendo supridos. O que não conseguimos fazer é a coleta", destaca. Conforme a diretora, o fechamento do banco de sangue ocorreu devido a falta de funcionários para trabalhar no setor. "Tivemos reposição das pessoas que se aposentaram, mas que não foi integral. Então priorizamos as áreas mais urgentes, o que é o caso da emergência, do bloco cirúrgico e UTI".

Para que volte a funcionar na coleta de sangue, o banco precisa ter dois enfermeiros e dez técnicos de enfermagem, além de médico hematologista. 

Na Capital, o Hemocentro é responsável pelo fornecimento de hemocomponentes para o Hospital de Pronto Socorro (HPS), Hospital Materno Infantil Presidente Vargas, Hospital Independência, Hospital Santa Ana e Hospital da Restinga Extremo Sul. No HPS, são realizadas, em média, de 150 a 200 transfusões mensalmente. 

Dia do Doador

Com estoques baixos, a campanha de doação do Hemocentro RS obteve sucesso. Cerca de 120 pessoas doaram sangue no último sábado. O local abriu excepcionalmente para grupos pré-agendados neste que foi o último dia da Semana Mundial do Doador de Sangue. 

O balanço é positivo, mas a coordenação da unidade ressalta que o sangue e seus derivados têm prazo de validade. As plaquetas, por exemplo, duram apenas cinco dias. 

Condições para doar sangue

- Estar em boas condições de saúde;
- Apresentar documento oficial de identidade com foto;
- Ter idade entre 16 e 69 anos, sendo que os candidatos a doadores com menos de 18 anos deverão estar acompanhados pelos pais ou por responsável legal;
- Pesar no mínimo 50kg com desconto de vestimentas;
- O limite de idade para a primeira doação é de 60 anos;
- Não estar em jejum e evitar alimentação gordurosa;
- Ter dormido pelo menos 6 horas antes da doação;
- Não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação;
- Não fumar pelo menos duas horas antes da doação.


Impedimentos temporários
- Gripe ou febre;
- Gestantes ou mães que amamentam bebês com menos de 12 meses;
- Até 90 dias após aborto ou parto normal e até 180 dias após cesariana;
- Tatuagem ou acupuntura nos últimos 12 meses;
- Exposição à situação de risco para a Aids (múltiplos parceiros sexuais, ter parceiros usuários de drogas);
- Herpes labial.