capa

Bombeiros resgatam corpos de duas crianças e sobem para 22 os mortos na Muzema

Uma vítima segue desaparecida nos escombros de prédio irregular que desabou no Rio

Por
Estadão Conteúdo

Três suspeitos são procurados como responsáveis pela construção ilegal

publicidade

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro encontrou mais dois corpos sob os escombros dos dois prédios que desabaram há oito dias na Muzema, comunidade na zona oeste do Rio. Com isso, 22 mortos na tragédia já foram confirmadas. Há ainda um desaparecido.

Os corpos encontrados neste sábado são de duas crianças do sexo masculino. Desde a tragédia, os bombeiros retiraram 20 corpos dos escombros. Outras duas pessoas que haviam sido resgatadas com vida acabaram morrendo quando recebiam atendimento em hospitais do Rio.

A Polícia Civil procura três pessoas que são apontadas como responsáveis. São considerados foragidos José Bezerra de Lima, conhecido como Zé do Rolo, que teria construído o edifícios, e Renato Siqueira Ribeiro e Rafael Gomes da Costa, que atuavam como vendedores. Eles respondem por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar.