Caça desaparecido há 40 anos é encontrado no Rio Grande do Sul

Caça desaparecido há 40 anos é encontrado no Rio Grande do Sul

Pescador alertou autoridades após passar pela Lagoa dos Patos

Correio do Povo

publicidade

A Força Aérea confirmou, neste sábado, que um caça F5 desaparecido há 40 anos foi encontrado na Lagoa dos Patos. A aeronave, que em 1982 era pilotada pelo tenente aviador Edson Luiz Chiapetta Macedo durante um combate aéreo simulado, teve os destroços encontrados a partir do pescador Josoé Ortiz, que notou que as suas redes se prenderam em algo pesado na terça-feira, dia 6 de setembro. 

Na realidade eram diversas partes da aeronave, como os motores, trem de pouso, canhão, pilones e pedaços da fuselagem. A partir deste achado, as investigações do desaparecimento do avião e do piloto, que tinham sido encerradas.

De acordo com o comandante do V COMAR, major-brigadeiro do ar Marcelo Fornasiari Rivero, a missão, realizada de quarta-feira até este sábado, contou com a participação de oito mergulhadores da Marinha do Brasil, de militares da FAB e do Corpo de Bombeiros do RS; além de outros militares e civis. As buscas foram realizadas em um Navio Patrulha Benevente, sendo utilizadas, ainda, uma lancha da Marinha e uma lancha do Corpo de Bombeiros.

"Nessa operação conjunta foi possível recolher todos os destroços que foram mapeados, nos dando a certeza de pertencerem à aeronave desaparecida há 40 anos. Nossos agradecimentos à Marinha do Brasil, Corpo de Bombeiros do RS e ao Cristian que participaram dessa operação", destacou o oficial-general

Edson Luiz Chiapetta Macedo, que perdeu a vida no acidente, foi promovido ao posto de major, um reconhecimento militar de que ele morreu no cumprimento do dever. 


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895