Caixa Econômica reduz juros e anuncia benefícios aos clientes do RS

Caixa Econômica reduz juros e anuncia benefícios aos clientes do RS

Novidades são destinadas para clientes, de pessoas físicas a empresas

Gabriel Guedes

Diretor de Habitação da Caixa, Matheus Sinibaldi esteve em Porto Alegre, nesta sexta-feira, para participar do Caixa Mais Brasil

publicidade

O programa Caixa Mais Brasil esteve em Porto Alegre nesta sexta-feira, onde foi anunciado benefícios exclusivos aos clientes gaúchos. Serão oferecidas taxas especiais para a contratação de crédito pessoa física e pessoa jurídica, além de vantagens no segmento de habitação. As condições valem por 30 dias a partir de segunda-feira (16). A instituição aproveitou também para destacar a adoção, a partir de 2 de janeiro, de taxas ainda menores no crédito habitacional e em produtos de crédito pessoal, após a divulgação de nova redução da taxa básica de juros da economia (Selic), de 5% para 4,5% ao ano.

A meta do Caixa Mais Brasil é fomentar o desenvolvimento das economias locais, identificando e entendendo as necessidades regionais, para posteriormente oferecer soluções e alternativas sob medida. Para as micro e pequenas empresas, a Caixa, por exemplo, vai oferecer redução da taxa de juros da linha de financiamento de máquinas de 2,15% para 1,20% ao mês, com até seis meses de carência e prazo total de 60 meses. Já os clientes pessoa física terão, entre outras vantagens, taxas reduzidas nos principais convênios de empréstimo consignado. Para crédito pessoal, a Caixa oferece taxas a partir de 0,99% a.m. Quem tem cartão de crédito do banco, de todas as bandeiras, terão desconto de 10% na compra de pacotes Azul Viagens saindo dos aeroportos de Porto Alegre, Caxias do Sul, Santa Maria, Pelotas, Uruguaiana, Santo Angelo e Passo Fundo.

Para o segmento de habitação, a análise de conformidade da contratação e da liberação de recursos ao vendedor após o registro será realizada no mesmo dia. Já o tempo de avaliação de imóveis pela linha de crédito do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) cairá de seis para três dias e a avaliação de empreendimentos dessa mesma linha será realizada em 20 dias. "Para nós é extremamente importante acompanharmos o mercado e hoje temos as melhores taxas do setor", sublinha o diretor de Habitação da Caixa, Matheus Sinibaldi.

Conforme o executivo, a nova redução dos juros da Habitação, agora com o mínimo de Taxa Referencial (TR) + 6,50% ao ano - caindo 0,25 ponto percentual em relação ao anterior -, tem sido bastante positiva. "A Caixa em 2019 já emprestou 100% do que já havia emprestado de SBPE no ano de 2018. A redução da taxa de juros alavanca, traz mais clientes, aumenta a quantidade de entrantes no mercado imobiliário e esta é nossa atenção". A redução da Selic também vai provocar a redução dos juros do cheque especial da instituição, anunciou a Caixa.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895