Campanha Papai Noel dos Correios é prorrogada até o dia 15 no RS

Campanha Papai Noel dos Correios é prorrogada até o dia 15 no RS

Cerca de 40% dos presentes ainda não foram entregues

Correio do Povo

Presentes devem ser entregues na agência indicada no site

publicidade

Madrinhas e padrinhos gaúchos ganharam mais alguns dias para entregar os presentes das cartinhas que escolheram no site e, de fato, tirar os sonhos das crianças do papel neste Natal. Agora, eles podem levar os presentes do Papai Noel dos Correios até a próxima quarta-feira, na agência indicada no site no momento da adoção. Das cerca de 2,6 mil cartas disponibilizadas neste ano, aproximadamente 2.380 foram adotadas, mas cerca de 40% dos presentes ainda não foram entregues, segundo levantamento feito pelos Correios na tarde de sexta-feira.

“Nossos esforços são para conseguir que todas as cartas sejam adotadas no Rio Grande do Sul, assim como ocorreu no ano passado, e que todas as crianças recebam os seus pedidos de Natal. Mas tirar esses sonhos do papel só é possível com a participação do povo gaúcho. Quem não adotou cartinha neste ano, ainda dá tempo. Adote! E os que já escolheram um pedido, precisamos que tragam os presentes, para que os Correios possam fazer a entrega, levando mais alegria para os pequenos neste Natal.”, convoca o superintendente estadual dos Correios, Victor Vanir da Silveira.

Este ano, oito cidades participam da campanha no RS: Porto Alegre, Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Pelotas, Santa Cruz do Sul, Santa Maria e Santo Ângelo. Os presentes devem ser entregues em uma embalagem reforçada com o código da carta escrito no pacote de forma visível e legível, para que os Correios possam identificar o destinatário correto.

Veja Também

Prazo para adoção também foi prorrogado

Mais de 200 cartinhas da Campanha Papai Noel dos Correios ainda estão aguardando adoção no estado. O volume de pedidos sem padrinho é maior em Pelotas, que tem mais de 80 cartinhas disponíveis, e Passo Fundo, com cerca de 75. Em Santo Ângelo também há cartinhas que ainda não foram adotadas, mas em número menor: aproximadamente 30. Os moradores desses locais que quiserem contribuir com a Campanha podem acessar o site para conhecer as cartinhas. Lá é possível encontrar os relatos e desenhos de crianças pedindo bolas, bonecas, materiais escolares e diversos outros itens. Depois de escolher a cartinha que será atendida, basta fazer um breve cadastro no sistema para registrar a adoção.

Já em Porto Alegre, Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Santa Cruz e Santa Maria restam poucas unidades disponíveis para adoção, mas boa parte dos presentes ainda não chegou aos Correios. É possível verificar se há cartinhas disponíveis nestas cidades também no site.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895