Com ponto facultativo, quinta-feira terá rotina alterada nos serviços federais

Com ponto facultativo, quinta-feira terá rotina alterada nos serviços federais

Comércio não essencial só deve reabrir na segunda-feira

Taís Teixeira

publicidade

Esta quinta-feira será ponto facultativo para os servidores públicos federais. A medida foi publicada nesta quarta, em edição extra do Diário Oficial da União, e assinada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Entre os serviços afetados pela medida estão as agências do Instituto Nacional do Seguro Social que fecharam ontem e só reabrem na segunda-feira, gerando transtornos aos cidadãos que tinham perícias médicas agendadas.

Por conta das medidas restritivas, o comércio não essencial e restaurantes fecham nesta quinta e só retomam os atendimentos na segunda-feira, já que estão impedidos de funcionar em feriados e nos finais de semana. Os supermercados funcionam normalmente nos três dias. As agências bancárias estarão fechadas na Sexta-Feira Santa. As agências dos Correios também não abrirão na sexta. Em alguns municípios funcionarão no sábado. 

Para o diretor do SindisprevRS, Thiago Manfroi, é um desrespeito aos cidadãos e aos servidores. “Cria uma situação de conflito desnecessária onde a população culpa o servidor, que tem as atividades prejudicadas”, frisou.

Rodoviária e Aeroporto com baixa procura de passsagens

A Estação Rodoviária de Porto Alegre registrou baixa procura por passagens para o feriadão. A Fraport Brasil, responsável pelas operações no Aeroporto Internacional Salgado Filho, projeta 5 mil passageiros por dia, contando pousos e decolagens, entre quinta e domingo. Em igual período de 2020, houve uma média de 840 passageiros por dia.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895