Correio do Povo recebe a mais importante honraria da Câmara de Porto Alegre
capa

Correio do Povo recebe a mais importante honraria da Câmara de Porto Alegre

Com 124 anos de história, jornal é homenageado com Comenda Porto do Sol

Por
Correio do Povo

Com 124 anos de história, jornal é homenageado com Comenda Porto do Sol

publicidade

Os anos 124 anos de história, credibilidade, independência e verdade do jornal Correio do Povo foram lembrados na noite desta terça-feira, na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, durante a sessão solene de outorga da Comenda Porto do Sol. Proposta pelo vereador Alvoni Medina (PRB), o evento teve o intuito de reconhecer a história escrita por um dos veículos de comunicação mais antigos do Brasil. “Nas páginas do impresso nós podemos reconhecer a nossa própria história. Ele esteve presente em fatos importantes do nosso Estado e também do país. É um orgulho para nós esse reconhecimento”, destacou. Medina lembrou a importância da imparcialidade, bandeira sempre erguida pelo diário. “São 124 anos reafirmando compromissos com novos tempos e com sua essência, nunca deixando de lado sua história, as inovações tecnológicas e o lado humano.” 

Um jornal que escreve a história de uma sociedade com destreza, respeito e afinco. Que une o antigo e o moderno. Dessa maneira que o diretor-presidente do Correio do Povo, Sidney Costa, falou sobre o diário que mora no coração dos gaúchos. “Foi uma homenagem mais do que merecida, não pela instituição, mas pelo conjunto. Pelo que o veículo representa para o Estado e a importância que ele tem em debates, temas e em noticiar fatos. Ter esse reconhecimento do Legislativo é uma deferência não só para o Correio do Povo como empresa, mas para todos os funcionários, colaboradores, nossos assinantes, parceiros e leitores do veículo que se mantiveram fiéis à leitura ao longo dos anos”, destacou. 

A obrigação, agora, é de acordo com o gestor, seguir inovando e fazer com que o impresso não se torne somente o jornal mais lido, mas também o mais respeitado no Estado e fora dele também. O diretor-presidente frisou que o Correio do Povo tem a história do Rio Grande do Sul em suas páginas, assim como cada leitor tem a história do impresso em sua mente. “A relação do impresso com a sociedade é interessante. São histórias múltiplas, ele escreve a história do gaúcho e acaba que cada gaúcho tem a história do Correio do Povo em sua memória. São histórias que se complementam, essa é a razão de ser do veículo e a força dele.” Sempre valorizando o que foi feito ao longo dos anos, Costa lembrou que o novo só é possível por causa do antigo e que na empresa atuam jovens, aprendizes e pessoas com 41 anos de trabalho e dedicação em ofertar o melhor para os leitores. “É fazer o novo sem desrespeitar o antigo. O novo só é possível por causa do antigo.”


Para o diretor de redação, Telmo Flor, a homenagem na Câmara de Vereadores foi uma oportunidade para reafirmar o compromisso com a democracia. Ele relembrou passagens históricas e um dos princípios do veículo, de estar sempre aberto aos debates, a democracia, com elevação de espírito. O diretor destacou que a entrega da homenagem também reafirmar o compromisso que o veículo tem com a sociedade, o compromisso com a verdade. Princípio estabelecido no seu início e mantido pelo Grupo Record, desde que fez a aquisição. “Neste momento somos um dos poucos jornais brasileiros que vem nos últimos três anos investindo e crescendo. Nós estamos na contramão de um momento em que os veículos sofrem. Não estamos isentos das dificuldades, mas estamos otimistas, buscando seguir uma história para estar aqui a cada ano para agradecer a confiança que é depositada em nós.”

O vice-prefeito de Porto Alegre, Gustavo Paim, elogiou o trabalho feito pelo Correio do Povo há tantos anos. A imparcialidade a abertura dada a todos os envolvidos são características que qualificam o trabalho feito pelo veículo. “As características são muito importantes. Isenção e conteúdo são fundamentais. Meu pai sempre foi assinante e eu comecei a ler pelas páginas do Correio, da política ao esporte ou do esporte a política”, contou. Ele lembrou que em época de bombardeio de conteúdo, excesso de informação, cada vez mais é fundamental saber a origem da notícia consumida. Também estiveram presentes no evento a secretária de Comunicação do Estado, Tânia Moreira, representando o governador Eduardo Leite e o titular da Secretaria Municipal de Comunicação, Orestes de Andrade Júnior.