Decreto de Porto Alegre adequa horários de bares e lojas aos estipulados pelo governo do RS

Decreto de Porto Alegre adequa horários de bares e lojas aos estipulados pelo governo do RS

Texto solicitará à Brigada Militar a fiscalização contra aglomerações em parques e praças

Correio do Povo

Prefeitura solicitará que a Brigada Militar faça a fiscalização em parques e praças contra aglomerações

publicidade

A Prefeitura de Porto Alegre, por meio de um decreto, irá adequar os horários das lojas do comércio de rua e dos shoppings, além dos restaurantes, aos previstos pelo texto do governo estadual. Na prática, as lojas ganharão uma hora a mais de funcionamento – podendo fechar às 20h e não mais às 19h – enquanto os bares e restaurantes terão de fechar às 22h e não mais às 23h. 

Outra parte do decreto que seguirá o regramento estabelecido pelo Pirartini é quanto à permanência em parques e praças – que foi proibida pelo governo do RS. Esses locais, segundo o Estado, só poderão servir para circulação ou prática de exercícios físicos. Em nota, a Prefeitura alegou dificuldade na aplicação, já que a cidade conta com mais de 600 áreas verdes, e informou que solicitará que a Brigada Militar fique responsável pela fiscalização. 

O novo decreto deverá ser publicado ainda nesta quarta-feira. Conforme anunciado pelo governo do Estado na última segunda, as medidas mais rígidas valem por, pelo menos, duas semanas e visam interromper a expansão de novos casos de Covid-19, o que ocorre tanto em nível estadual quanto na Capital. 

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895