Drives-thrus têm grande procura por vacina contra a Covid-19 em Porto Alegre

Drives-thrus têm grande procura por vacina contra a Covid-19 em Porto Alegre

A partir desta segunda-feira, idosos com 69 anos passam a receber a primeira dose da vacina

Gabriel Guedes

A partir desta segunda-feira, idosos com 69 anos passam a receber a primeira dose da vacina

publicidade

Três drive-thrus para vacinação contra a Covid-19 estiveram funcionando neste sábado, em Porto Alegre, para vacinar idosos com idades a partir de 70 anos. Eles operaram Big Sertório, PUC e no estacionamento coberto do Beira Rio, a partir 9h e vão até as 17h. Nos três locais, a procura foi muito grande. No Beira Rio, a fila praticamente contornava a área do estádio. Segundo a diretora da Atenção Primária da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Luciane Beiró, a grande procura iria permitir que cada um dos pontos se aplicasse algo entre 2 mil e 3 mil doses de vacina.

Por volta das 15h30min, a SMS recomendou que as pessoas não se deslocassem mais aos drive-thrus devido ao grande fluxo de veículos nos locais. A orientação é para fazer a imunização a partir de segunda-feira, 29, quando também estarão à disposição do público para imunização 39 unidades de saúde, além de três drives (Big Sertório, Big BarraShopping e PUCRS).

A partir desta segunda-feira, idosos com 69 anos passam a receber a primeira dose da vacina. Na terça-feira, a faixa passa a ser de 68 anos; na quarta-feira, 67 e na quinta-feira, 66 anos de idade. A ampliação só foi possível pela chegada de nova remessa de vacinas Coronavac/Instituto Butantan na sexta-feira.

Luciane pede para que somente pessoas em veículos procurem os drive-thrus. “Não é viável que as pessoas venham a pé. Toda logística foi montada para que as pessoas venham de veículos. A pé é perigoso. Estamos com planejamento para abrir postos de vacinação e espaços de vacinação para receber pessoas a pé. Vamos lançar nesta semana estes lugares e esta agenda será divulgada”, assegurou. 

Veja Também


 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895