Drone do CBMRS registra imagens impressionantes da destruição do prédio da SSP

Drone do CBMRS registra imagens impressionantes da destruição do prédio da SSP

Edifício desabou em incêndio no dia 14, deixando ainda dois bombeiros militares mortos

Correio do Povo

Estruturas que restaram serão removidas

publicidade

Imagens captadas por um drone do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul (CBMRS) impressionam e chamam a atenção para a dimensão da destruição do prédio da Secretaria da Segurança Pública do Estado, em Porto Alegre, no dia 14 deste mês. No incêndio e desabamento da sede da SSP, que tinha nove andares, morreram dois bombeiros.

Os corpos do 1º tenente Deroci de Almeida da Costa, 46 anos, e do 2º sargento Lúcio Ubirajara de Freitas Munhós, 51 anos. Os corpos foram resgatados somente na noite da última quarta-feira durante as buscas das equipes do CBMRS.

Na tarde de quinta-feira passada ocorreu o velório na sede do 1º Batalhão de Bombeiros Militar (1º BBM), na Capital, seguido de cortejo até o crematório. Honras militares e homenagens foram prestadas na despedida.

A SSP determinou uma sindicância administrativo-disciplinar instaurada para apurar causas e danos do sinistro, com prazo de 30 dias. Já a 7ª DP da Polícia Civil está encarregada do inquérito policial.

Por sua vez, a Divisão de Engenharia do Departamento de Criminalística do Instituto-Geral de Perícias realizou a análise da área interna do que restou do prédio da SSP. A demolição das estruturas será feita somente com o encerramento do trabalho do IGP no local. A construção de uma nova sede no local ou não ainda não está definida pelo governo.

Foto: Guilherme Almeida


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895