Equipamento garante diagnóstico de Covid-19 em 45 minutos

Equipamento garante diagnóstico de Covid-19 em 45 minutos

Tecnologia GeneXpert permite a realização de testes pelo método PCR em tempo real

Por
Felipe Samuel

Equipamento garante diagnóstico de Covid-19 em 45 minutos


publicidade

Uma plataforma capaz de detectar o novo coronavírus em 45 minutos está sendo utilizada desde junho no Laboratório de Análises Clínicas do Hospital Nossa Senhora da Conceição. A tecnologia GeneXpert, desenvolvida pela empresa americana Cepheid e que já era utilizada no diagnóstico da tuberculose, permite a realização de testes pelo método PCR em tempo real. O procedimento garante agilidade no tratamento clínico e precisão no diagnóstico da Covid-19.

De acordo com a coordenadora do laboratório, Andrea Cauduro de Castro, no caso de pacientes suspeitos de Covid-19, após a coleta de material das vias respiratórias, a amostra é inserida em um cartucho descartável. O conteúdo genético é analisado e o resultado sai em pouco tempo. "Os exames negativos para Covid-19 saem em até 45 minutos. Os positivos, em 30 minutos", justifica, acrescentando que a rapidez do resultado se deve à detecção em tempo real. "Isso agiliza muito a liberação de leitos no hospital, a definição do diagnóstico e todo processo", completa.

Hilda Helena Chaher Wolf, que atua no setor de Biologia Molecular do Conceição, explica que o equipamento é ideal porque não dá manutenção, pode ser instalado em laboratórios que 'não têm estrutura tão grande' e é 'fechado', o que evita contaminação. "É muito fácil de trabalhar. O melhor dele é o tempo e o tipo de reação, pois acontece tudo no mesmo lugar", observa. Hilda destaca que cada existem kits específicos para cada tipo de teste efetuado na plataforma. "Não precisa de mais salas de PCR, pois conseguimos fazer a liberação rápido", frisa.


Pela facilidade de operação, Hilda afirma que o sistema, por ser automatizado, não exige que os usuários tenham treinamento especializado para fazer o teste. "Isso traz agilidade para o tratamento clínico, além de diminuir custo do hospital", observa. Além de destacar que o equipamento está à disposição de pacientes atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), Hilda lembra que a ferramenta confere agilidade para colocar ou tirar o paciente de isolamento.