Ex-paciente transplantada do Clínicas retribui gratidão às crianças internadas

Ex-paciente transplantada do Clínicas retribui gratidão às crianças internadas

Clarissa Auler recebeu um coração em agosto e nesta quarta-feira, ela voltou ao hospital para agradecer

Gabriel Guedes

O pequeno Raul, de Jaguarão, que luta contra um neuroblastoma no Hospital de Clínicas, recebeu uma capa de super-herói da Clarissa Auler

publicidade

Clarissa Auler, 41 anos, é tão grata por receber um coração novo, que resolveu retribuir com gratidão o gesto de solidariedade que salvou sua vida há cerca de dois meses. Na tarde de ontem, a transplantada voltou ao Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) para distribuir presentes e bater um papo com os pequenos pacientes internados no setor de Oncologia Pediátrica da instituição. “Acredito que esta energia positiva, por meio destes mimos, podem ajudar as crianças”, explicou. Os pacientes ganharam turbantes e máscaras coloridas e também tiveram a visita de animadores fantasiados de super-heróis.

Tamanha reviravolta na vida da bacharel de direito, que hoje estuda pós-graduação em moda e modelagem, aconteceu em 2018, ao começar se sentir muito fraca. Foi quando foi diagnosticada com insuficiência cardíaca congestiva. “Sugeriram alternativas de tratamento com medicamentos, marca-passo e por fim, o transplante. Foi quando fui encaminhada ao Clínicas e conheci a dra. Nadine. Eu achava que nada mais iria dar certo, mas ela abriu meus olhos”, contou. No dia 19 de agosto, ela foi transplantada. “Eu considero como um presente. Oro todos os dias pelo meu doador”, revelou.

Samanta Furtado, 28 anos, e Diego Bittencourt, 24, são os pais de Raul, garotinho de Jaguarão que está lutando contra um neuroblastoma desde o mês de janeiro. Ele gostaram muito da surpresa ao filho, que ganhou uma capa de super-herói da Clarissa. “Traz muita alegria e esperança para a gente”, confessou a mãe.
A dra. Nadine, mencionada por Clarissa, é a médica e professora Nadine Clausell, diretora-presidente do HCPA. “Os pacientes que precisam de um transplante, enfrentam muitas dificuldades. O que aconteceu hoje é algo positivo, que enche de alegria. É positivamente terapêutico”, comentou.

Clarissa integra o InstitutoGuiando Estrelas e o projeto Um Novo Olhar. Na internet, a trajetória inspiradora desta transplantada pode ser acompanhada no @clari_coracao no Instagram.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895