Falta de luz atrasa abertura da Farmácia do Estado em Porto Alegre

Falta de luz atrasa abertura da Farmácia do Estado em Porto Alegre

Local começou a receber clientes 1h30min após o horário normal

Mauren Xavier

Filas se formaram na manhã desta terça-feira no Centro de Porto Alegre

publicidade

Filas com pessoas atrás de remédios. Assim estava as imediações da Farmácia do Estado, localizada no Centro de Porto Alegre, na manhã desta terça-feira. O local começou a funcionar 1h30min depois do horário normal por conta da falta de luz, provocada pelos temporais que atingiram a Capital e boa parte do Rio Grande do Sul ainda nessa segunda-feira.   

Uma das pessoas que estava na fila veio de longe para buscar remédios. Jairo Costa viajou de Cidreira, no Litoral Norte, para a Capital. Ele ficou preocupado ao encontrar a farmácia fechada. "Ninguém dizia nada", resumiu ao conversar com a reportagem. Apesar da espera, ele conseguiu os medicamentos.  

Por conta do temporal de ontem, mais de 174 mil clientes estão sem luz no Rio Grande do Sul. Na área de concessão da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), há ainda 55,5 economias sem energia elétrica. 

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895