Fiocruz anuncia remessa de insumos para vacina contra Covid, mas prevê breve parada na produção

Fiocruz anuncia remessa de insumos para vacina contra Covid, mas prevê breve parada na produção

Novo carregamento chegará em 22 de maio e deve garantir as doses para o mês de junho

AE

Imunizante representa quase metade das aplicações contra Covid-19

publicidade

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) receberá no dia 22 de maio mais uma remessa de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) para a produção da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford e fabricada no Brasil pelo Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos), da Fiocruz. Outra remessa segue prevista para o dia 29 de maio.

A quantidade de IFA já disponível na Fiocruz sustentará a produção até a próxima semana e garante as entregas até a primeira semana de junho. As entregas das três primeiras semanas de junho também estarão asseguradas.

Para esta sexta-feira, está prevista a entrega de mais 4,1 milhões de doses da vacina ao Ministério da Saúde, totalizando 34,3 milhões de doses disponibilizadas ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). Até a chegada do IFA "haverá uma interrupção na produção de alguns dias na próxima semana", segundo a Fiocruz. É possível que isso provoque algum impacto na entrega das doses, informa a instituição. O cronograma de entregas permanece semanal, sempre às sextas-feiras, conforme pactuado com o Ministério da Saúde, seguindo a logística de distribuição definida pela pasta.

No momento estão sendo processadas no Centro Tecnológico de Vacinas - CTV de Bio-Manguinhos um milhão de doses da vacina por dia, e a instituição segue avaliando alternativas para aumentar a capacidade de produção.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895