Fiscalização dispersa aglomeração de 2 mil pessoas no Moinhos de Vento, em Porto Alegre

Fiscalização dispersa aglomeração de 2 mil pessoas no Moinhos de Vento, em Porto Alegre

Público estava concentrado nas ruas Padre Chagas e Luciana de Abreu

Aristoteles Junior/Rádio Guaíba

Público estava concentrado nas ruas Padre Chagas e Luciana de Abreu

publicidade

As equipes de fiscalização que percorreram as ruas de Porto Alegre na madrugada deste sábado tiveram de intervir em uma grande aglomeração no bairro Moinhos de Vento. Segundo a Guarda Municipal, pelo menos 2 mil pessoas desrespeitavam as regras de distanciamento na região – e foram flagradas, sem máscaras, enquanto consumiam bebidas alcoólicas em via pública.

“O problema foi registrado na rua Padre Chagas e nos arredores, como na rua Luciana de Abreu. Apesar disso, todos os estabelecimentos comerciais que fiscalizamos estavam cumprindo os protocolos. Esta concentração de pessoas foi espontânea, não havia nenhuma festa ou evento acontecendo na região”, relata o comandante da Guarda Municipal, Marcelo Nascimento.

Os envolvidos na aglomeração foram abordados por volta das 2h, e orientados a voltar para casa. Esta foi a ocorrência mais grave registrada pela fiscalização nas últimas semanas. Outro ponto que demandou a atenção da força-tarefa foi a rua Fernando Machado, no Centro Histórico. Entretanto, por lá, a número de pessoas abordadas pelos agentes foi consideravelmente menor.

Também foram realizadas fiscalizações em diversos estabelecimentos para verificação de denúncias. Um local, nas Ilhas, foi autuado por falta de alvará. Os demais locais visitados estavam funcionando conforme as regras determinadas nos decretos municipais. 

“A pandemia não acabou e população deve seguir respeitando as medidas sanitárias, como uso de máscara e distanciamento. A Guarda Municipal mantém as operações de fiscalização e será rígida no cumprimento das regras”, afirma o comandante Nascimento.

Denúncias

A maior parte dos locais percorridos pelas equipes, que também contam com agentes da Brigada Militar e da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), é selecionada através de denúncias. A orientação é de que as infrações ao decreto de prevenção à Covid-19 em Porto Alegre – dentro, ou fora de estabelecimentos comerciais – sejam reportadas  nos números 153 e 156. As ligações são gratuitas e anônimas.

Furto

Durante a operação, um homem foi flagrado furtando fios e cabos no Parque Marinha. Ele foi preso em flagrante e aguarda vaga no sistema prisional sob a custódia da Guarda Municipal.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895