Forte chuva causa bloqueios e alagamentos em Porto Alegre

Forte chuva causa bloqueios e alagamentos em Porto Alegre

Desde terça foram atendidas pelas equipes da EPTC 100 ocorrências em razão do alto volume de precipitação que atinge a capital

Correio do Povo

Zona Sul da cidade é a mais afetada

publicidade

A chuva histórica para o mês de julho em Porto Alegre causou diversos problemas na cidade entre terça-feira e esta quarta. Conforme a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), desde ontem, foram atendidas pelas equipes 100 ocorrências em razão do alto volume de precipitação que atinge a Capital. Até esta manhã, havia mais de 40 pontos com bloqueio total ou parcial, em diferentes regiões do município.

Muita chuva atingiu Porto Alegre: nas últimas 24 horas choveu 123.4 milímetros. Quase a mesma quantidade da média de todo o mês de julho.

Publicado por CEIC - Centro Integrado de Comando da Cidade de Porto Alegre em Quarta-feira, 8 de julho de 2020

A zona Sul é a mais afetada, com 19 pontos de interdição. Na avenida Tramandaí, o Arroio Capivara transbordou pela segunda vez em uma semana. Na zona Norte são 18, enquanto no Centro, apenas a avenida Augusto de Carvalho – número 1233 – ainda tem bloqueio parcial sinalizado. Na área Leste da cidade são seis ruas e avenidas afetadas.

A chuva também deixou moradores sem abastecimento de energia elétrica. As principais ocorrências na área de concessão da CEEE estão relacionadas a pedidos da Defesa Civil por questões de segurança em áreas de alagamento. No bairro Cavalhada, na zona Sul, há 163 clientes nessa situação. Os problemas se concentram nas ruas Canela, Gaurama, Frederico Westphalen e Ibirubá.

A Defesa Civil de Porto Alegre emitiu alerta nesta manhã para risco de tempestade na Capital, nas próximas 48 horas, com volumes de chuva entre 20 a 30 milímetros e rajadas de vento entre 40 e 60 quilômetros por hora. Os prognósticos foram divulgados pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

O órgão e a Comissão Permanente de Atuação em Emergência (COPAE), integrada pelos órgãos municipais, estão em alerta e com equipes prontas para atendimento à população. Em caso de emergência, a orientação é acionar a Defesa através do telefone 199 ou Corpo de Bombeiros pelo 193. Este alerta tem validade até a publicação de seu cessar.

Dmae cancela serviços

Devido ao mau tempo, o Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) alterou a programação de serviços. Os trabalhos envolvem a manutenção elétrica na subestação que alimenta a Estação de Tratamento de Água (ETA) Belém Novo e as estações de Bombeamento de Água (Ebats) Restinga e Boa Vista. Outra intervenção será a instalação de hidrantes na 4ª Unidade (esquina da rua David Cherman com Homero Carlos Simon) e na 2ª Unidade da Restinga (esquina da rua Arizoly Fagundes com acesso G da superquadra D).

Será feita ainda a desativação de redes antigas na avenida Nilo Wuff, 245, e na estrada João Antônio Silveira, 1600 (fase final da obra de substituição de redes de água na 2ª Unidade da Restinga). Ao retornar, a água pode estar turva ou não transparente, devido ao arraste de micropartículas inertes, não prejudiciais à saúde, que eventualmente, pela pressão, se soltam das paredes internas da canalização. Solicitação de lavagem da rede ou do ramal predial deve ser feito pelo telefone 156, opção 2.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895