Governo brasileiro diz que incêndio em fábrica na Índia não afeta vacinas

Governo brasileiro diz que incêndio em fábrica na Índia não afeta vacinas

Fogo atingiu Instituto Serum, responsável por produzir vacina desenvolvida pela AstraZeneca e Universidade de Oxford

R7

Fogo atingiu Instituto Serum, responsável por produzir vacina desenvolvida pela AstraZeneca e Universidade de Oxford

publicidade

O Ministério das Comunicações divulgou nota, na manhã desta quinta-feira, informando que o incêndio no Instituto Serum, que produz a vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela parceria entre AstraZeneca e Universidade de Oxford, não afeta a fabricação do insumo e nem o estoque.

O nota cita manifestação no Twitter de Adar Poonawalla, CEO da empresa, explicando que as vacinas contra Covid-19 ficaram intactas. “O incêndio atingiu dois andares do Terminal 1, onde está sendo construída uma nova fábrica. Bombeiros foram até o local com dez caminhões para o controlar o fogo e evitaram que o fogo se espalhasse”, afirma a nota.

O incêndio deixou deixou pelo menos 5 mortos, segundo informações do jornal local Times of India. Segundo a publicação, ainda não se sabe o que causou o fogo que atingiu o prédio. As chamas atingiram dois andares, mas não os locais onde a vacina é fabricada.

As vítimas ainda não tiveram suas identidades confirmadas, mas acredita-se que são pessoas estavam trabalhando em uma obra no local e não funcionários do Instituto Serum.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895