Governo do RS orienta hospitais a manter capacidade máxima de atendimento para casos de Covid-19

Governo do RS orienta hospitais a manter capacidade máxima de atendimento para casos de Covid-19

Documento indica que sejam adotadas medidas para evitar sobrecarga nas próximas semanas

Correio do Povo

Instituições hospitalares devem continuar atualizando diariamente a ocupação de pacientes

publicidade

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) e o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems/RS) publicaram, nesta sexta-feira, um documento para orientar os hospitais a manterem uma capacidade máxima de atendimento para pacientes com Covid-19. 

Segundo o documento, para evitar sobrecarga do serviço público de saúde na próximas semanas, a indicação é de que as instituições adotem medidas de interesse público, como a reativação de estruturas e equipes de profissionais da saúde assim como estavam estruturadas no primeiro pico da pandemia. 

De acordo com o governo estadual, o texto visa garantir atendimento de pacientes em situações graves e de urgência, seja por Covid-19 ou não, especialmente nas áreas de oncologia e cirúrgicas em geral. “Para os pacientes com Covid-19 recomenda-se uma área isolada, como vem sendo realizado, mas caso não exista a possibilidade de isolamento, deve-se igualmente internar o paciente, isolando-o como possível”, explicou o diretor do Departamento de Regulação Estadual, Eduardo Elsade.

Veja Também

Conforme a nota do governo, recomenda-se que seja avaliada a suspensão, se necessária, das cirurgias eletivas que não comprometam a saúde do paciente e também que não ocorra redução da força de trabalho no período de final de ano e verão. As instituições hospitalares devem continuar atualizando diariamente a ocupação de pacientes e disponibilidade de leitos no sistema de informações da Secretaria Estadual de Saúde.

O documento na íntegra está disponível neste link


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895