Mais de 15 milhões de casos de coronavírus são detectados no mundo

Mais de 15 milhões de casos de coronavírus são detectados no mundo

Vários países ou territórios registraram números recordes nos últimos dias

AFP

Um milhão de casos foram notificados em cinco dias

publicidade

Mais de 15 milhões de casos do novo coronavírus foram detectados em todo o mundo, dos quais um milhão em menos de cinco dias, segundo uma contagem feita pela AFP com base em fontes oficiais nesta quarta-feira às 13h0.

Pelo menos 15.007.291 casos, dos quais 617.603 terminaram em óbito, foram contabilizados, principalmente nos Estados Unidos, com 3.915.780 casos (142.312 mortes) e na América Latina e no Caribe, com 3.956.997 casos e 167.377 mortes.

Em sete dias, houve mais de 1,6 milhão de novas infecções no mundo. O número de contágio reflete apenas parcialmente o número real, pois muitos países usam apenas os testes para rastrear o vírus ou não têm recursos suficientes para realizar grandes campanhas de detecção.

Nos Estados Unidos, os casos de Covid-19 podem ser de duas a 13 vezes maiores do que os números oficiais, estimou o CDC na terça-feira.

A América Latina e o Caribe, a segunda região mais afetada do mundo em número de casos (3.956.997, com 167.377 mortes) ainda enfrentam uma grande expansão do coronavírus, e teve mais de 460.000 novas infecções em uma semana.

Vários países ou territórios registraram números recordes nos últimos dias, como a Austrália, com 502 novos infectados, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira. O saldo total é de quase 13.000 mortes no continente insular.

Hong Kong registrou 113 novos casos no dia, também um recorde.

Na África, onde a OMS também está preocupada com a aceleração da pandemia, foi ultrapassada a marca de 15.000 mortes (15.765 dos 753.124 casos detectados).

O Oriente Médio passou um milhão de casos (1.044.925 infecções confirmadas, com 23.929 mortes).

A Europa registrou 2.993.801 casos e 206.430 mortes.

A Oceania continua sendo o continente menos afetado (14.523 casos, dos quais 157 mortes ocorreram), no entanto, o número de novas infecções aumentou consideravelmente, com 2.224 casos confirmados na semana passada e 1.481 na semana anterior, ou seja, um aumento que está se aproximando de 50%.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895