Marcha mobiliza mais de 2,5 mil pessoas em Porto Alegre

Marcha mobiliza mais de 2,5 mil pessoas em Porto Alegre

Evento religioso contou com apresentações artísticas de vários gêneros musicais

Correio do Povo

Marcha mobiliza mais de 2,5 mil pessoas em Porto Alegre

publicidade

Mais de 2,5 mil pessoas, segundo a Brigada Militar, participaram na tarde deste sábado da Marcha a Jesus em Porto Alegre. A mobilização começou no Largo Glênio Peres, ao lado do Mercado Público, no Centro Histórico da Capital seguiu até a praça da Matriz, em frente ao Palácio Piratini, e retornou ao ponto inicial. Durante todo o evento, ocorreram apresentações artísticas de vários gêneros musicais, além de orações.

Com três carros de som, a marcha tomou conta das ruas, ao longo do trajeto.  Essa foi a 22ª edição da Marcha na Capital. Segundo o pastor João Antônio de Souza Filho, em nome da organização da Marcha, lembrou que o primeiro ato, contou com cerca de 500 pessoas. "Com certeza essa é muito maior, mas ainda tem muito a crescer", afirmou. Ele lembrou que a temática da mobilização foi a benção aos às autoridades, independente dos partidos.

Participaram da programação, entre outras autoridades, a primeira dama do Estado e secretária estadual de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori, os deputados Tiago Simon e Liziane Bayer, deputado federal João Derly, o secretário de Serviços Urbanos, Ramiro Rosário, e o vereador de Porto Alegre, José Freitas. Em sua manifestação, Freitas ressaltou a importância de, nesse momento que ocorre uma vez por ano, todos estarem unidos.

Entre os discursos, foi enaltecida a atuação da juventude das igrejas junto aos projetos nas escolas, como o Cipave (Comissões Internas de Prevenção de Acidentes e Violência Escolar), que busca a promoção de ambientes mais fraternos. A questão da segurança pública também foi enaltecida durante as falas. O evento atraiu pessoas de várias cidades da região Metropolitana de Porto Alegre, como Gravataí, Cachoeirinha, Alvorada e Guaíba, e do Vale dos Sinos. Realizado pelo Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos de Porto Alegre (Cimepa), a Marcha contou com o apoio da Associação Capelães mundiais e ação social visual e saudável D'Jian. 

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895