McDonald's admite que McPicanha não tem picanha e é notificado pelo Procon

McDonald's admite que McPicanha não tem picanha e é notificado pelo Procon

Fast food alegou que o 'McPicanha' são desenvolvidos com um sabor "mais acentuado de churrasco"

AE

Procon-SP notificou o McDonald's

publicidade

O McDonald's no Brasil admitiu que a carne utilizada na nova linha de sanduíches, a 'McPicanha', não é do tipo picanha. A empresa reconheceu o fato após forte repercussão nas redes sociais, o que fez ao menos dois Procons pedirem respostas da rede de fast food. Segundo nota do McDonald's, os novos 'McPicanha' são desenvolvidos com um sabor "mais acentuado de churrasco", obtido por meio de um molho com aroma natural de picanha". O hambúrguer, de acordo com o comunicado, é "100% carne bovina, produzido com um blend de cortes selecionados".

A repercussão negativa entre consumidores na internet levou órgãos de defesa do consumidor a cobrar um posicionamento da empresa. O Procon-SP notificou o McDonald's, solicitando, até o dia 2 de maio, o recebimento da tabela nutricional dos sanduíches, atestando a composição de cada um dos ingredientes (carne, molhos, aditivos, dentre outros), além de documentos que comprovem os testes de qualidade realizados, demonstrando o processo de manipulação, acondicionamento e tempo indicado para consumo.

"Também foi solicitado que o McDonald's apresente os gabaritos das embalagens utilizadas para acondicionamento dos produtos nas lojas físicas para consumo imediato e para entrega (delivery) e cópia dos materiais publicitários e das mídias de divulgação da linha de 2022, bem como da campanha imediatamente anterior dos sanduíches com a presença de "sabor acentuado de churrasco e/ou picanha", veiculados nos meios de comunicação e nas redes sociais pela empresa e por parceiros", diz nota do Procon-SP.

Já o Procon-DF proibiu o McDonald's de vender os sanduíches 'McPicanha' em todo o Distrito Federal, a partir desta quinta-feira, 28, até que haja a "correção total da publicidade". "Na publicidade não há informação clara de que o hambúrguer contém qualquer porcentagem do corte bovino picanha. Então, a forma como o McDonald's usa o nome 'picanha' em seu produto e na divulgação da campanha publicitária do sanduíche induzem ao entendimento de um produto composto pelo corte de carne picanha. Isso induz o consumidor ao erro", diz Marcelo Nascimento, diretor-geral do Procon-DF.

A campanha do McDonald's, lançada no começo do mês nas redes sociais, sinaliza em letras miúdas que o hambúrguer é "100% bovino" com molho sabor picanha. A empresa reconheceu a falha na comunicação. "A marca lamenta que a comunicação criada sobre os novos produtos possa ter gerado dúvidas e informa que novas peças, destacando a composição dos sanduíches de maneira mais clara, já estão sendo produzidas", diz a empresa, em nota.

 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895