Morre empresário Adelino Colombo, fundador das Lojas Colombo

Morre empresário Adelino Colombo, fundador das Lojas Colombo

Empresário tinha 90 anos e estava internado em Porto Alegre

Correio do Povo

Empresário tinha 90 anos e estava internado em Porto Alegre

publicidade

O fundador das Lojas Colombos, Adelino Colombo, morreu aos 90 anos nesta sexta-feira. O empresário estava internado no Hospital São Francisco, no complexo da Santa Casa, em Porto Alegre, onde veio a óbito por causas naturais. Colombo deixa a esposa, Ruth Colombo, quatro filhos, dez netos e dois bisnetos.

A marca Lojas Colombo foi fundada há 61 anos pelo empresário, na cidade de Farroupilha, Serra gaúcha. Atualmente, ela é considerada uma das maiores rede de eletromóveis da região Sul e do país, totalizando 305 lojas e mais de 4 mil funcionários. 

Em nota, o Grupo Colombo lamentou a morte. “Cresceu na vida através do próprio esforço, cumpriu todos os seus compromissos e respeitou as pessoas”, escreveu.

O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, lamentou a morte de Adelino. "Um líder que deixa marca sólida de empreendedorismo no nosso estado e no país", escreveu em uma publicação em sua conta no Twitter.

Adelino também foi citado como exemplo no empreendedorismo pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), Gilberto Porcello Petry. “Sempre que se falar em empreendedorismo, devemos lembrar da história de Adelino Colombo. Ele é um exemplo para todos nós. Transformou um sonho numa rede de lojas. E nunca abandonou seus princípios de cidadão e de valorização da família", disse em nota. E completou: "Foi um líder, que dignifica o empresariado gaúcho. E fica na nossa memória como um símbolo da livre iniciativa e das grandes oportunidades de crescimento econômico que existem quando se valoriza os empreendedores."

O Sindilojas de Caxias do Sul lembrou do início da trajetória do empresário, que teve início no município. "À frente da quinta maior rede de eletrodomésticos do país, o empresário gaúcho filho de agricultores farroupilhenses iniciou a trajetória dele vendendo televisores de porta em porta em Caxias do Sul. Ele se despede aos 90 anos de vida e deixa uma marca de vanguarda no comércio varejista como referência no mercado", escreveu a entidade.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895