Movimento é intenso em ponto de vacinação para idosos em Porto Alegre

Movimento é intenso em ponto de vacinação para idosos em Porto Alegre

Público apresenta grande disposição para se imunizar e reforça importância de se proteger da doença

Felipe Nabinger

publicidade

Principal ponto de aplicação de vacinas contra a Covid-19 em Porto Alegre, o shopping João Pessoa concentrou uma fila de idosos com mais de 80 anos em busca da quarta dose. A aplicação desse segundo reforço começou nesta terça-feira na Capital. Se engana quem pensa que os vovôs e vovós reclamaram do aguardo na fila. A disposição era invejável, mesmo naqueles que contavam com apoio de parentes, ou aguardavam sozinhos munidos de bengalas. 

Figura reconhecível, mesmo utilizando a máscara para proteção, a professora e ex-deputada federal Esther Grossi, 86, foi uma das pessoas que procuraram a quarta dose logo no primeiro dia de disponibilidade. “Estou felicíssima. Não quero pegar essa Covid de jeito nenhum. As sequelas são ruins e quero viver 115 anos”, garantiu.

Ela brincou que como em São Paulo já estavam aplicando essa dose “estava quase indo para lá para fazer”. Grossi, que fora casada com o pediatra Sérgio Grossi, falecido em 2015, destacou a importância da vacina. “Temos uma tradição de vacina e sabemos os benefícios disso”, disse. Ela presenteou uma agente com um vaso de planta como forma de homenagear todos os profissionais de saúde.

Vice-diretor do La Salle Santo Antônio, Laurentino Flach, 90, também foi até o local para mais essa etapa de imunização. Acompanhado de uma bengala que afirma usar somente para a segurança, o educador mostrava disposição e deixou um recado para os demais integrantes de sua faixa etária. “A vacina é importante e quero me ver mais seguro. Tomem a quarta dose, quem tem direito, o quanto antes para se livrar desse vírus”, disse. 

Aos 95 anos de idade, Luíza Silva dos Santos agradeceu aos profissionais de saúde que trabalham na imunização e reforçou a necessidade da vacina. “Tem que tomar. Eu agradeço e oro muito pelas pessoas que estão aplicando as vacinas, para os médicos e enfermeiros”, disse. Moradora do bairro Glória, ela estava acompanhada da filha Tânia Regina dos Santos, 71. “A gente sempre acompanha a imprensa para saber as datas. Sempre nos vacinamos”, garante, lembrando que já tomou a terceira dose. 

Outros locais de vacinação 

Mais de 32 mil idosos estão aptos a receberem a quarta dose, visto que receberam a terceira até 29 de novembro, ou seja, há quatro meses. Além do Shopping João Pessoa, o atendimento é realizado no Centro de Saúde IAPI, na Clínica da Família Álvaro Difini, nas unidades São Carlos, Chácara da Fumaça, Tristeza, Cristal e Vila Jardim. Os idosos devem apresentar documento de identidade com CPF e carteira de vacinação com o registro das doses anteriores. 


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895