Orla do Guaíba lota em domingo de sol

Orla do Guaíba lota em domingo de sol

Viaturas da Ronda Ostensiva Municipal (Romu) e da Brigada Militar reforçavam o policiamento na região, mas sem dispersar a multidão

Felipe Samuel

Rio Grande do Sul ultrapassou 25 mil mortes por conta da Covid-19 neste fim de semana

publicidade

Com clima de verão e temperatura acima de 30 graus, a Orla do Guaíba atraiu milhares de usuários na tarde de ontem. Muita gente se instalou com cadeiras e mesas na praça Julio Mesquita, em frente à Usina do Gasômetro. No trecho da avenida Edvaldo Pereira Paiva, que ficou bloqueada para a prática de exercícios, o público ignorou as recomendações de distanciamento social e se aglomerou em boa parte da via.

Mesmo com recomendação das autoridades de saúde, boa parte dos usuários desprezava o uso de máscaras de proteção, no fim de semana que o Rio Grande do Sul ultrapassou 25 mil mortes por conta da Covid-19. Os bares da orla registravam bom movimento, com muita gente sentada do lado de fora dos estabelecimentos. No gramado, rodas de chimarrão, famílias sentadas em círculos e grupos praticando exercícios completavam a paisagem. Os estacionamentos estavam lotados e filas se formavam nas vias.

Viaturas da Ronda Ostensiva Municipal (Romu) e da Brigada Militar reforçavam o policiamento na região, mas sem dispersar a multidão. No final da tarde, o movimento de usuários também aumentou também na Redenção, no Bom Fim, no Parcão, no Moinhos de Vento, e na orla de Ipanema. De acordo com o comandante da Guarda Municipal, Marcelo Nascimento, a GM recebeu denúncias de atuação de flanelinhas nesses locais. "Encontramos um foragido que acabou detido", afirma.

Apesar da fiscalização, Nascimento reconhece que o tempo bom atrai muita gente a parques e à orla. "Estamos fazendo o possível. Isso mostra mais uma vez que mesmo com poder público nas ruas, com regramentos, é fundamental a colaboração da população. Sem colaboração da população não tem como dar certo", lamenta.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895