Pelo menos mil pessoas seguem fora de casa em razão das cheias no RS

Pelo menos mil pessoas seguem fora de casa em razão das cheias no RS

Defesa Civil emitiu, ontem, novo alerta para a possibilidade de inundações em 17 cidades gaúchas

Camila Diesel / Rádio Guaíba

Pelo menos 586 pessoas seguem em abrigos públicos e 404 em casas de amigos ou familiares

publicidade

Grande parte das pessoas que tiveram de sair de casa em razão das cheias no Rio Grande do Sul conseguiu retornar, nesta quinta-feira. No balanço mais recente da Defesa Civil estadual, divulgado no fim da tarde, 992 moradores seguiam desalojados ou desabrigados em 19 cidades. Pelo menos 586 pessoas seguem em abrigos públicos e 404 em casas de amigos ou familiares.

A situação mais crítica é registrada em Encantado, onde há 332 moradores fora de casa. São Sebastião do Caí, município também bastante afetado, ainda registra 136 desabrigados, em locais oferecidos pela Prefeitura. Também figurando entre os mais atingidos, Bom Retiro do Sul contabiliza 120 pessoas que ainda não puderam retornar para casa.

A Defesa Civil emitiu, nessa quarta-feira, mais um alerta para a possibilidade de inundações em 17 cidades gaúchas, em razão das chuvas acumuladas previstas para ocorrerem a partir desta quinta-feira. O alerta, com vigência de 48 horas, é para as bacias dos rios Gravataí, Sinos, Caí e Taquari, que seguem com níveis acima dos limites de inundação.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895