Pessoa fantasiada assusta pedestres no Parque Farroupilha, em Porto Alegre

Pessoa fantasiada assusta pedestres no Parque Farroupilha, em Porto Alegre

Indivíduo mascarado foi flagrando saindo de trás das árvores na última quinta-feira

Luciamem Winck

Até o momento, nenhuma ocorrência envolvendo a pessoa fantasiada foi registrada na polícia

publicidade

O clima de medo está imperando no Parque Farroupilha. Os frequentadores são surpreendidos por uma pessoa que usa fantasias semelhantes as usadas na franquia de filmes de terror "Jogos Mortais".  Apesar de ninguém, até o momento, ter sofrido alguma agressão, as pessoas ficam desesperadas porque o personagem surge de trás das árvores, grunindo e gritando. O susto faz com que crianças, jovens, adultos e idosos entrem em pânico. E, no desespero, correm em disparada, avançando pelas pistas das avenidas Oswaldo Aranha e João Pessoa, nos bairros Bom Fim e Cidade Baixa.

"Fiquei assustado demais. Final da tarde, voltava para casa depois de um dia de trabalho e o maluco aparece do nada e avança na minha direção. Achei que era a versão gaúcha do Maníaco do Parque e saí correndo, apavorado", relatou um bancário, que pediu para não ser identificado.

O "maníaco" aparece a qualquer hora do dia. É possível que tenha encontrado, na prática, uma forma de se divertir às custas do desespero alheio. Na quinta-feira, às 8h, ele avançou na direção da repórter fotográfica Alina Souza, que caminhava pelo parque com a intenção de produzir fotografias para ilustrar a chegada do inverno, na próxima segunda-feira.

"Estava olhando as árvores quando surgiu (próximo ao lado) este sujeito arrastando os pés, no intuito de me assustar. Até esperei que ele revelasse que era apenas uma brincadeira, mas isso não ocorreu, ele ficou minutos me encarando, com aquele ar sinistro e caminhou alguns passos atrás de mim. Andei mais rápido e fiz fotos. Até que ele achou outra vítima para assustar. Olhei para trás e ele continuava dando sustos em outras pessoas. Fiquei me perguntando sobre o que leva alguém a acordar cedo e vestir aquela roupa de filme de terror com o objetivo de amedrontar a população?", afirmou Alina.

Até o momento não há registros policiais sobre a ação do desconhecido. Mas o certo é que as pessoas realmente estão assustadas e temerosas. A balconista Isaura Vieira Spilder, 44, também teve um infeliz encontro com o mascarado na noite de quinta-feira. Ela retornava para casa por volta das 18h depois de ir buscar informações sobre o estado de saúde de um familiar que se encontra internado no Hospital de Pronto Socorro. Como reside na avenida Senador Salgado Filho, no Centro Histórico, resolveu atalhar caminho, cruzando pelo Parque Farroupilha.

"De repente surgiu aquela coisa, com os olhos esbugalhados, e usando uma capa de vampiro, correndo na minha direção. Fiquei tão nervosa que corri para o meio da rua e quase que um carro me pega", relatou.

O comando do 9º Batalhão de Polícia Militar foi notificado sobre as investidas do mascarado. O tenente-coronel Alex Sandre Pinheiro Severo afirmou que guarnições serão direcionadas ao parque para buscar identificar a pessoa mascarada. "Vamos orientar o efetivo para fazer a identificação para evitar que cause um problema maior", afirmou, exemplificando riscos de atropelamento em uma eventual tentativa de fuga. 

"Se alguém quiser fazer um registro policial contra ele, estamos à disposição. No Parque da Redenção temos um posto de presença da Brigada Militar. O pessoal pode ir ali fazer contato", orientou Severo. 

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895