Pfizer pede segunda dose da vacina de reforço anticovid nos EUA

Pfizer pede segunda dose da vacina de reforço anticovid nos EUA

Solicitação foi feita à Agência de Medicamentos dos Estados Unidos (FDA)

AFP

Em sua demanda, basearam-se em dados procedentes de Israel

publicidade

Os laboratórios Pfizer e BioNTech anunciaram nesta terça-feira ter solicitado à Agência de Medicamentos dos Estados Unidos (FDA) que autorize uma dose de reforço adicional de sua vacina contra a Covid-19 para maiores de 65 anos.

Em sua demanda, basearam-se em dados procedentes de Israel e analisados quando a variante ômicron circulava amplamente, afirmam as companhias em um comunicado.

Estes dados demonstram, segundo a Pfizer e a BioNTech, que "uma dose de reforço adicional da vacina de RNA mensageiro aumenta a imunogenicidade" (capacidade de provocar resposta imunológica) "e reduz as taxas de infecções confirmadas e de doenças graves". Portanto, as empresas pediram uma autorização de uso emergencial à FDA.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895