Porto Alegre desmonta estrutura do Gigantinho e descentraliza acolhimento da Operação Inverno

Porto Alegre desmonta estrutura do Gigantinho e descentraliza acolhimento da Operação Inverno

Quase 500 pessoas passaram a madrugada deste domingo no local

Rádio Guaíba

Equipes de abordagem social da prefeitura. trabalharam na oferta dos locais de acolhimento

publicidade

Quase 500 pessoas passaram a madrugada deste domingo na rede montada pela prefeitura de Porto Alegre e parceiros no reforço da Operação Inverno. A estrutura no Gigantinho foi desmontada e os usuários foram encaminhados para paróquias, albergues e abrigos.

Ao todo, 498 pessoas em situação de rua foram acolhidas para a pernoite de sábado para domingo. Abrigos e albergues receberam 192 usuários, 232 foram encaminhados para as pousadas conveniadas e 74 para as dez paróquias que aderiram à ação do município. Os atendidos pela paróquia Santa Clara são alojados no salão da Mocidade da Lomba do Pinheiro, pois há mais espaço. Não houve pernoite no Gigantinho.

“A partir de hoje, a prefeitura não centraliza mais o atendimento no Gigantinho, mas segue acompanhando toda essa rede e prestando o apoio às paróquias em alimentação e outras necessidades, até que todos tenham sido acolhidos pelo sistema público e conveniado de proteção da cidade”, explica o secretário municipal de Desenvolvimento Social, Léo Voigt.

Segundo Voigt, o balanço da semana de trabalho é positivo. “Foi possível acolher todos que chegaram, seja por adesão espontânea ou a partir da busca ativa das equipes de abordagem social e ronda noturna. Foi uma experiência riquíssima, pela capacidade de união, mobilização, pronta resposta e aprendizado. Nos aproximamos de muitos que nunca aceitaram ser acolhidos e aprofundamos a relação e vínculo com aqueles que já usam a rede de proteção do município”, afirma.

Vínculo

Com as 125 vagas abertas nas paróquias e o aumento de 50 vagas em pousadas conveniadas, a média de 500 vagas por noite segue oferecida. “O trabalho da assistência social é vincular o usuário e compreender a necessidade de cada um para, então, traçar um plano individualizado de atendimento. Tivemos idosos, cadeirantes, várias necessidades específicas e todas foram encaminhadas”, ressalta a presidente da Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc), Cátia Lara Martins.

Desde terça-feira, quando iniciou a ação, uma média de 500 pessoas aceitaram o acolhimento e retornaram nas noites seguintes. Quase 200 servidores, familiares, amigos e os voluntários da Cruz Vermelha e SOS Unimed se revezaram para atendimento 24 horas.

Com o anúncio de uma forte frente fria na cidade, a prefeitura montou uma força-tarefa, coordenada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, e envolveu secretarias e sociedade civil para ampliar a estrutura da Operação Inverno, com acolhimento extraordinário de mais de 100 vagas no Gigantinho e outros espaços.

A Secretaria Municipal da Saúde testou e vacinou os usuários contra a Covid-19. Também foi aplicada a vacina da gripe. A Samu e o SOS Unimed realizaram plantões para as emergências. O Exército emprestou 60 camas e a Defesa Civil cedeu 80 colchões. O Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) destacou uma equipe da Cootravipa para a limpeza e higienização do local. A Procempa instalou televisão e várias atividades foram realizadas pelas equipes dos Centro Pop para aqueles que permaneceram durante o dia no Gigantinho. A unidade do Sine Municipal cadastrou e encaminhou 29 pessoas para entrevistas de emprego.

A alimentação dos usuários foi cedida e organizada por vários grupos da sociedade civil. Houve também uma grande demonstração de solidariedade da população com doações de alimentos, água, kits de higiene pessoal, cobertores, toalhas, lençóis, ração e roupas para os Pets.

Como ajudar

A campanha do Movimento Poa que Doa, programa social coordenado pelo Gabinete da Primeira-dama do Município de Porto Alegre, que reúne as campanhas do agasalho e do alimento 2021, segue ainda no mês de agosto. O objetivo é atender pessoas em situação de vulnerabilidade social. Os donativos podem ser entregues em 17 pontos de coleta espalhados pela cidade e em drive-thrus de vacinação, divulgados no site da prefeitura. Confira aqui os pontos de coleta para doações.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895