Porto Alegre registra pontos de alagamentos neste sábado

Porto Alegre registra pontos de alagamentos neste sábado

Motoristas redobraram a atenção no trânsito por causa do acúmulo de água

Cláudio Isaías

Na próxima semana, deve haver muita chuva e temporais no Rio Grande do Sul

publicidade

A chuva forte que atingiu Porto Alegre, na madrugada de sábado, causou diversos pontos de alagamento na zona Norte da cidade. A instabilidade deixou as avenidas Sertório e Farrapos, na zona Norte, e avenidas Bento Gonçalves e João Pessoa, na zona Leste, com muito acúmulo de água. Os motoristas tiveram que redobrar a atenção porque a água cobria a via e alguns pontos eles foram obrigados a reduzir a velocidade. 

Alguns condutores, chegaram a ligar o pisca alerta em função da forte instabilidade. Na avenida Bento Gonçalves, na região do bairro Agronomia, também apresentou trechos com muita água o que fez com que os motoristas vindos da rodovia RS 040, em Viamão, acabassem por diminuir a velocidade próximo do colégio Aplicação da Ufrgs. 

Na Sertório com a rua Joaquim Silveira, a faixa da direita apresentava um acúmulo de água. No entanto, os motoristas acabavam por reduzir a velocidade para passar no trecho. Na estação Fátima da Trensurb, os condutores foram surpreendidos com a água na pista, no sentido para Porto Alegre. No começo da manhã de sábado, a circulação de carros também ficou lenta no cruzamento da Estrada João de Oliveira Remião com a avenida Bento Gonçalves. 

Chuva provocou alagamentos em Porto Alegre. Foto: Ricardo Giusti

Na avenida Aparício Borges, próximo da rua Pedro Boticário, em função da via alagada, os motoristas foram obrigados a trafegar com velocidade reduzida. Nas agências da Caixa Econômica Federal da rua do Andradas e da avenida Assis Brasil, as pessoas que foram receber o auxílio emergencial e o saque emergencial do FGTS trataram de se proteger da chuva que alguns momentos da manhã de sábado ficou forte. Tanto na rua dos Andradas quanto na avenida Borges de Medeiros, no Centro Histórico, muita gente ficou embaixo das marquises para se proteger da instabilidade e do frio. A madrugada de sábado foi de chuva forte e trovoadas que perduraram até o começo da manhã. 

Chuva deve seguir na próxima semana 

Na próxima semana, deve haver muita chuva e temporais, com risco, inclusive, de granizo no Rio Grande do Sul. De acordo com a MetSul Meteorologia, as áreas mais atingidas devem ser as regiões Centro e Nordeste do Estado.  A Defesa Civil de Porto Alegre alertou para a possibilidade de que a chuva acumulada entre o sábado e a segunda-feira, dia 7 de setembro, seja de aproximadamente 100mm, com risco de provocar alterações na mobilidade e na rotina da população. O alerta tem base em aviso meteorológico da sala de situação da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema). 

No caso de emergência, a população deve ligar para a Defesa Civil no telefone 199 ou ao Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul, no telefone 193. Para prestar atendimento à população e restabelecer a normalidade em áreas que possam ser atingidas pela instabilidade, a Defesa Civil e a Comissão Permanente de Atuação em Emergências, composta por secretarias e órgãos municipais, estão em prontidão. 

As orientações à população são de evitar transitar na rua durante o período do alerta e procurar abrigo em local seguro. Outra dica é ficar afastado de postes, árvores e placas de sinalização e publicitárias e não entrar em alagamentos. Os motoristas e pedestres devem ter atenção no trânsito e devem ser evitados o uso de aparelhos eletrônicos ligados à rede elétrica.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895