Porto Alegre vacina contra a Covid-19 em 45 unidades de saúde

Porto Alegre vacina contra a Covid-19 em 45 unidades de saúde

Imunização ocorre em 45 unidades de saúde da Capital

Cláudio Isaías

Imunização ocorre em 45 unidades de saúde em Porto Alegre neste sábado

publicidade

A vacinação contra a Covid-19 ocorre neste sábado em 45 unidades de saúde de Porto Alegre. No Centro de Saúde Modelo, no bairro Santana, mais de 40 pessoas estavam na fila aguardando o começo da imunização contra o coronavírus. Moradora do bairro Azenha, a aposentada Sandra Aquino de Souza, 72 anos, que recebeu a terceira dose do imunizante da Pfizer, elogiou o trabalho das equipes de saúde. "Estou feliz  por ter feito a vacina e agora é seguir com todos os cuidados como o uso da máscara, do álcool em gel e manter o distanciamento social", ressaltou ela. 

A iniciativa também fez parte do Dia D de Multivacinação. A primeira dose da vacina estava disponível para adolescentes a partir de 12 anos ou mais. Também foi feita a aplicação da segunda dose dos imunizantes da Coronavac, da AstraZeneca e da Pfizer para vacinados até o dia 18 de setembro, 7 e 21 de agosto, respectivamente. 

A terceira dose foi oferecida para idosos com 60 anos ou mais e profissionais de saúde vacinados com a segunda aplicação até o dia 16 de abril (seis meses) e imunossuprimidos vacinados com a segunda dose até 18 de setembro (28 dias), independente do fabricante.

Primeira dose

Para realizar a primeira dose da vacina contra a Covid-19, é preciso apresentar documento de identidade com CPF. Para segunda e terceira dose, documento de identidade e carteira de vacinação. Para a dose de reforço, imunossuprimidos precisam comprovar a condição de saúde. Já os profissionais de saúde, devem apresentar comprovante de vínculo com o conselho de classe. Para as demais vacinas, é preciso apresentar documento de identificação e caderneta de vacinação da criança ou do adolescente.

Neste sábado, para facilitar o acesso da população aos locais de imunização, a Prefeitura fornece transporte gratuito em 15 linhas circulares, que irão até 19 unidades de saúde. O serviço atenderá as nove regiões da cidade com o maior número de pessoas aptas a se vacinar, registradas no Cadastro Único (CadÚnico) para políticas públicas do governo federal, mas que ainda não estão imunizadas contra a Covid-19. A estrutura de linhas funcionará até às 17h, com partidas de viagens entre 25 e 35 minutos durante o período em que os postos estiverem abertos.

Na semana passada, a Prefeitura de Porto Alegre ampliou o grupo de profissionais de saúde aptos a receber a dose de reforço contra o coronavírus. Agora, todos os funcionários da saúde de todas as faixas etárias que receberam a segunda dose até o dia 14 de abril - independente do imunizante utilizado - já podem buscar os locais de vacinação para receber a terceira dose.

Com a mudança, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) passa a adotar o prazo de seis meses para a aplicação da dose de reforço neste grupo - o mesmo intervalo utilizado em idosos acima de 60 anos. Para imunossuprimidos, o prazo é de 28 dias após a segunda dose. Um levantamento da SMS aponta que 4.246 profissionais da saúde estão aptos a receber a dose de reforço. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895