Prefeitura de Porto Alegre lança edital para prestação de serviços de diagnósticos

Prefeitura de Porto Alegre lança edital para prestação de serviços de diagnósticos

Executivo pretende equilibrar demanda e oferta de 27 tipos de exames médicos

Correio do Povo

Prefeitura pretende equilibrar a demanda e a oferta de exames em Porto Alegre

publicidade

A Secretaria de Saúde da prefeitura de Porto Alegre lançou nesta quinta-feira edital público chamando instituições jurídicas de direito privados, com ou sem fins lucrativos, interessados a prestar serviços de diagnóstico aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo é equilibrar a demanda e a oferta, aumentando a capacidade de investigação dos médicos de família na atenção primária à saúde.

Ao todo, 27 tipos de serviços de exames como os de imagens, audiometria e eletroneuromiografia. Segundo dados divulgados pela Secretaria de Saúde, em agosto, em números totais, o serviço de diagnóstico com a maior fila de espera é a ultrassonografia abdome total com 7.257 pacientes na fila, com apenas 312 vagas ofertadas em junho e 1.457 solicitações executadas em julho. O segundo mais procurado é ultrassonografia transvaginal com 5.957 aguardando o exame e 259 ofertas. o terceiro é a mamografia bilateral para rastreamento com 3.782, mas com 2.275 vagas abertas. Confira a tabela no final do texto.

Porto Alegre tem cerca de 14 mil pacientes na fila por um exame pelo SUS

“Vamos regularizar uma série de serviços que não possuem contrato atualmente, como exames citopatológicos, que são colhidos na atenção primária”, salientou o secretário municipal de Saúde, Erno Harzheim.

Um dos critérios de julgamento para a distribuição, entre as empresas que serão habilitadas, será serviços distribuídos por todas as regiões da cidade, facilitando o acesso dos usuários.

• Confira a lista de espera de exames de porto Alegre (divulgada em agosto)



publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895