Profissionais do Samu e das unidades de Pronto Atendimento começam a ser imunizados em Porto Alegre

Profissionais do Samu e das unidades de Pronto Atendimento começam a ser imunizados em Porto Alegre

Secretaria Municipal de Saúde estima que 380 trabalhadores serão vacinados

Cláudio Isaías

Profissionais começaram a ser vacinados nesta segunda em Porto Alegre

publicidade

Os profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e dos postos de saúde começaram a ser vacinados contra a Covid-19 na manhã desta segunda-feira em Porto Alegre. A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informou que serão imunizados aproximadamente 240 trabalhadores do Samu e 140 profissionais cada nas unidades de pronto atendimento da Bom Jesus, da Cruzeiro do Sul e da Lomba do Pinheiro. 

Na sede do Samu, na avenida Ipiranga, a vacinação começou às 10h com os servidores que atuam na linha de frente de combate à pandemia. Eles receberam a primeira dose da vacina Coronavac, produzida pela Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.  

Na sede administrativa do Samu, o motorista de ambulância, Leonardo Rosa, 39 anos, recebeu a primeira dose e exibia com orgulho a carteira de vacinação carimbada. Além de dirigir, Rosa auxilia os demais colegas socorristas nos atendimentos, em turnos de 12 horas de trabalho. A imunização dos profissionais consta na primeira fase da campanha nacional, junto a idosos residentes em instituições de longa permanência e pessoas com deficiência. 

Veja Também

A diretoria de ações em Saúde do Estado informou que as doses da Coronavac, que ainda seguem sendo aplicadas, deverão contemplar 100% de idosos em asilos e indígenas em aldeias, além de 34% dos trabalhadores de saúde. Com as novas doses da Oxford/AstraZeneca a ideia é elevar para 61% o número de profissionais de saúde vacinados. 

Vacinação no RS

A vacinação contra o coronavírus no Rio Grande do Sul começou no dia 18 de janeiro. Depois de 10 meses de luta contra a doença, o Estado começou a imunização com cinco pessoas pertencentes aos grupos de risco prioritários do Plano Nacional de Imunizações. 

Na solenidade realizada no Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), Eloina Gonçalves Born, 99 anos, moradora do Residencial Geriátrico Donna Care; Jorge Amilton Hoher, 68 anos, médico-chefe do serviço de Medicina Intensiva da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre; Carla Ribeiro, 32 anos, da etnia kaingang e residente da Aldeia Fag Nhin, na Lomba do Pinheiro; Joelma Kazimirski, 48 anos, auxiliar de higienização do Grupo Hospitalar Conceição (GHC); e Aline Marques da Silva, 40 anos, técnica de Enfermagem CTI Covid do HCPA, se tornaram símbolos do início da imunização no Estado. Os cinco receberam a primeira dose da Coronavac, em um ato simbólico no saguão da instituição de saúde.

Plataformas

A Prefeitura de Porto Alegre disponibilizou plataformas alternativas ao telefone 156 para agendamento da vacinação em domicílio contra a Covid-19. Através do 156 Web, é possível agendar a vacinação de idosos acamados com mais de 75 anos. O acesso pode ser feito também pela Central do Cidadão, no site da Prefeitura

No atendimento telefônico do 156, no momento, há fila de espera para esse serviço devido à alta demanda de ligações. Para facilitar o atendimento, é necessário ter em mãos o número do CPF e do cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). Por enquanto, a vacinação em domicílio é para idosos com mais de 75 anos acamados. 

A Prefeitura reforça que o atendimento 156, tanto online ou por telefone, funciona também fora do horário comercial, disponível 24 horas e nos sete dias da semana, inclusive feriados. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895