RS tem mais de 210 mil pontos sem luz após temporal

RS tem mais de 210 mil pontos sem luz após temporal

No Sul do Estado, CEEE registra 80 mil pontos com falta de energia elétrica

Correio do Povo

RS tem 140 mil pontos sem luz após temporal

publicidade

O Rio Grande do Sul tem mais de 210 mil pontos sem luz no começo da manhã desta quinta-feira após a passagem do temporal por cidades das regiões Sul, Litoral Sul, Centro-Sul e Metropolitana. A situação mais crítica de falta de energia elétrica é no Sul, onde há 80 mil locais sem abastecimento, segundo informações da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE). 

O problema está presente em menor escala no Litoral Sul, com 8 mil clientes sem luz, no Centro-Sul, com 14 mil, e na região Metropolitana onde há 30 mil pontos sem energia. 

Já na região Metropolitana, a cidade de Porto Alegre está com falta de abastecimento em 15 mil locais. A CEEE informou que tem equipes nas ruas para solucionar problemas. Árvores que caíram romperam redes, além de postes que ficaram danificados em função da chuva e dos ventos. Ainda não há prazo para a normalização do fornecimento da luz. 

Na área da RGE, 71 mil clientes estão sem fornecimento, a maioria na região Metropolitana. Há casos, também, nas regiões Central e Fronteira. A empresa informa que está trabalhando nos consertos da rede para restabelecer a energia no menor tempo possível.

Outros estragos 

O temporal  atingiu especialmente Pelotas e Rio Grande. Pelo menos nove casas sofreram danos e foram destelhadas. Nas  BRs 392 e 116 o  temporal também causou quedas de árvores que chegaram a deixar o trânsito  mais lento. Parte das pistas foi obstruída na BR 392, nos kms 89 e 74, e na BR 116, nos kms 523 e 517. Os bombeiros e a Defesa Civil receberam inúmeros chamados nas duas cidades.

Segundo a Estação  Meteorológica da Embrapa Clima Temperado as rajadas de vento em Pelotas chegaram a 96km/h. Muitas árvores caíram e pontos da cidade sofrem alagamento. Uma árvore caiu em cima de um carro no bairro Fragata. Ninguém se feriu.

Em São José do Norte, a cidade ficou sem luz e muitas telhas arrancadas. Não há registros de feridos. Em, Piratini,  Morro Redondo e Pedras Altas também foram registrados danos.

 

Veja Também

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895