São Leopoldo registra recorde diário de aplicação de vacinas

São Leopoldo registra recorde diário de aplicação de vacinas

Mais de 1,4 mil pessoas receberam doses do imunizante contra a Covid-19

Stephany Sander

São Leopoldo imunizou mais de 1,4 mil pessoas nesta segunda-feira

publicidade

Passando a contar com cinco pontos de vacinação contra a Covid-19 decentralizados, São Leopoldo chegou, nesta segunda-feira, ao maior número de imunizações em um único dia: 1.426 doses aplicadas. No total, a soma chega a 21.756 doses, entre primeira e segunda dose das vacinas. 

Além da aplicação das doses realizadas no drive trhu do Largo Rui Porto, para idosos que vão de carro, na antiga sede da Unisinos e da Unidade Móvel, a imunização contra a covid-19 ganhou o reforço de quatro escolas: Álvaro Nunes, Paul Harris, Castro Alves e Emílio Meyer e também da Associação Meninos e Meninas de Progresso (Ammep). 

A iniciativa é uma parceria entre as Secretarias da Saúde e de Educação. “A ideia foi decentralizar a vacina, pegando os bairros principais, um em cada ponto da cidade para colocar a vacinação mais próxima da população. A parceria amplia os pontos, em espaços mais amplos, com pátio e é uma forma de não levar a vacinação para dentro das Unidades de Saúde, que são locais apertados e não teriam condições de receber todas as pessoas”, explicou coordenadora de imunizações Karen Carvalho. 

Nesta terça-feira, a idade abrange a faixa etária partir dos 69 anos ou mais. Para a realização da vacina é necessário comparecer a um dos locais de vacinação portando documentos de identificação com foto, CPF e cartão SUS, e comprovante da aplicação da primeira dose para quem for receber a segunda. Na quarta-feira, a faixa etária reduz para 68 anos. 

As equipes também aplicarão a segunda dose da Coronavac/Butantan em idosos que completaram os 28 dias de intervalo no drive-thru do Largo Rui Porto, e na antiga sede da Unisinos das 9h às 11h30 e das 13h30 às 16h. Profissionais de saúde (2ª dose) devem tomar a na antiga sede da Unisinos, com entrada pela Praça Tiradentes, no mesmo horário: das 9h às 11h30 e das 13h30 às 16h. O mutirão de vacinas contra a covid-19 conta com o aporte da Unidade Móvel de Vacinação. A unidade imunizará idosos em primeira dose.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895