Sindicato Médico do Rio Grande do Sul aplica quarta dose da vacina contra Covid-19 em Porto Alegre

Sindicato Médico do Rio Grande do Sul aplica quarta dose da vacina contra Covid-19 em Porto Alegre

Profissionais com 60 anos ou mais comparecerem na sede da entidade na manhã deste sábado

Correio do Povo

Houve cerca de 250 inscritos para o reforço de imunização

publicidade

O Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) realizou na manhã deste sábado a aplicação da quarta dose contra a Covid-19 aos profissionais com 60 anos de idade ou mais, em Porto Alegre. A vacinação ocorreu entre 8h e 12h na sede da entidade, na rua Coronel Corte Real, no bairro Petrópolis. Houve cerca de 250 inscritos.

Segundo o presidente da entidade, Marcos Rovinski, trata-se da quarta ação de vacinação contra a Covid-19 em convênio com a Secretaria Municipal da Saúde de Porto Alegre e com a Unimed Porto Alegre. “Tivemos essa parceria desde a primeira vacina”, recordou.

“Oferecemos esse espaço para os médicos que se inscreveram e novamente foi uma ação de sucesso”, sublinhou. Ele ressalvou que muitos médicos já receberam a quarta dose em outros lugares, como postos de saúde e locais de trabalho. “Oferecemos para quem quisesse fazer no final de semana para facilitar a vida”, disse.

Sobre uma nova imunização de quarta dose para os médicos acima dos 50 anos de idade, o dirigente falou que pode ser repetida a mobilização, mas “dependendo da demanda e solicitação”.

Marcos Rovinski constatou que muitos profissionais contraíram a doença nesta onda de Covid-19 com a nova cepa. “Os médicos sempre estão muito expostos que atendem na linha de frente e em consultórios, na frente de pacientes…”, observou. “A quarta dose é uma possibilidade de reduzir os danos e gravidade do quadro”, avaliou.

O Simers possui 15 mil associados em um universo de 38 mil médicos gaúchos inscritos no Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul. A entidade promoveu também uma campanha de vacinação contra a gripe com duas ações neste ano.


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895