Superlotação na emergência do Clínicas restringe atendimento

Superlotação na emergência do Clínicas restringe atendimento

Hospital pede que pacientes se dirijam a outros hospital ou postos de saúde

Correio do Povo

Hospital pede que pacientes se dirijam a outros hospital ou postos de saúde

publicidade

A Emergência de Adultos do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) está sob restrição máxima de atendimentos devido à superlotação nesta segunda-feira. São 135 pacientes para 41 leitos. Neste cenário, só serão atendidos casos com risco iminente de morte e que forem encaminhados com a regulação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Além de seus 41 leitos, a Emergência de Adultos normalmente recebe pacientes também em macas, cadeiras de rodas e cadeiras comuns. Porém, até mesmo estas vagas extras têm se encontrado permanentemente ocupadas. No momento, estão sendo usados, no limite máximo, todos os recursos materiais e humanos disponíveis, para atender a uma demanda três vezes superior à capacidade da Emergência.

Diante disto, a Administração do Hospital pede que a população, em casos mais simples, evite dirigir-se à instituição, procurando outros hospitais ou postos de saúde. Novos pacientes que chegam à instituição passam por uma triagem e, devido às dificuldades existentes, nem todos são atendidos, sendo dada prioridade aos casos mais graves, com risco de morte.




Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895