UTIs de Porto Alegre voltam a ter mais de 300 infectados com o coronavírus

UTIs de Porto Alegre voltam a ter mais de 300 infectados com o coronavírus

Sistema de Saúde da Capital encerrou a quinta-feira com taxa de ocupação acima de 90%

Correio do Povo

Dos 816 leitos operacionais disponíveis, 18 estão bloqueados e 720 estão ocupados, o que deixa a taxa geral em 90,23%

publicidade

Com 301 casos confirmados, as Unidades de Terapia Intensiva (UTI) de Porto Alegre encerraram a quinta-feira com o maior número de pacientes com a Covid-19 em tratamento desde o dia 21 de setembro. Na ocasião, 306 infectados recebiam cuidados nos hospitais da Capital. 

No entanto, o momento anterior era de queda no número de novas infecções na cidade, ao contrário do que ocorre atualmente. Nesta quinta-feira, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) contabilizou 711 novos casos da doença, elevando para 70.838 o total de contaminados. Destes, 55.595 estão recuperados, enquanto 13.526 seguem em tratamento, os chamados casos ativos. A SMS também totaliza 1.717 óbitos pela Covid-19 desde o começo da pandemia. 

Além dos positivos confirmados em UTIs, 38 suspeitos também se tratam nos leitos da cidade. Ainda de acordo com o monitoramento em tempo real da SMS, quatro hospitais operavam com lotação máxima - Moinhos de Vento, Mãe de Deus, Ernesto Dornelles e Independência. 

Dos 816 leitos operacionais disponíveis, 18 estão bloqueados e 720 estão ocupados, o que deixa a taxa geral em 90,23%.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895