Ventania derruba Estátua da Havan em Capão da Canoa, no Litoral Norte

Ventania derruba Estátua da Havan em Capão da Canoa, no Litoral Norte

Estrutura ficava na frente da loja inaugurada em janeiro deste ano na ERS 389, na Estrada do Mar

Correio do Povo

Fortes ventos derrubaram a estátua da loja da Havan em Capão da Canoa; além da mão que segura a tocha que foi quebrada, ela caiu em cima de um poste de concreto

publicidade

Provocada por um ciclone, a forte ventania que atinge o Litoral Norte derrubou nesta segunda-feira a estátua da Havan às margens da ERS 389, na Estrada do Mar, junto ao trevo de acesso para Capão da Canoa. A estrutura caiu sobre um poste de concreto da rede de energia elétrica, que ficou espetado nela como se fosse uma lança. Entre os danos, a mão com a tocha ficou quebrada.

A estrutura feita com fibra de vidro, com uma cobertura externa na cor verde e ferro na sustentação interna, é uma réplica da Estátua da Liberdade em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Ela possui cerca de 35 metros de comprimento e em torno de cinco metros de largura, além de um peso aproximado de oito toneladas. Cada uma custa R$ 1,5 milhão. 

O efetivo do 9º Batalhão de Bombeiros Militar (9º BBM) foi acionado e compareceu no local. Não houve feridos. Várias áreas da cidade foram afetadas pela queda da energia elétrica.

A loja Havan de Capão da Canoa foi inaugurada no dia 21 de janeiro deste ano, filial de número 155 em todo o país. O estabelecimento comercial fica localizado no bairro Zona Nova.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895