Alemanha deve ter o exército mais bem equipado da Europa, afirma chefe de governo

Alemanha deve ter o exército mais bem equipado da Europa, afirma chefe de governo

Invasão russa da Ucrânia foi um ponto de virada para a política de defesa alemã

AFP

publicidade

A Alemanha deve ter "as Forças Armadas mais bem equipadas da Europa", declarou nesta sexta-feira (16) o chefe de governo Olaf Scholz, após anos de análises "equivocadas" de que seu país estava "cercado de amigos". "Como o país mais populoso, dotado de maior poder econômico e localizado no centro do continente, nosso exército deve se tornar o pilar da defesa convencional na Europa, as forças armadas mais bem equipadas da Europa", disse Scholz em um discurso diante do comandantes do exército alemão.

A invasão russa da Ucrânia foi um ponto de virada para a política de defesa alemã, marcada pela criação de um fundo especial de 100 bilhões de euros para atualizar o equipamento do exército e empreender uma renovação estratégica.

"Um ex-ministro da Defesa alemão pensava que estávamos apenas cercados de amigos", uma ideia que levou a "conclusões equivocadas, como sabemos agora, especialmente quando vemos o estado do exército alemão", refletiu o líder social-democrata. "Ao mesmo tempo, mostramos de forma clara e confiável que a Alemanha está pronta para assumir uma responsabilidade de primeiro plano pela segurança do nosso continente", sublinhou Scholz.

O sucessor de Angela Merkel aposta também em um fortalecimento da defesa europeia, no âmbito da Otan. "Nós, europeus, devemos assumir mais responsabilidades dentro da Otan", acrescentou o chanceler alemão.

Scholz defendeu nesta sexta-feira a criação de um "quartel-general europeu", capaz de "realizar missões, seja uma retirada dos nossos cidadãos, como no ano passado no Afeganistão, ou uma missão de aconselhamento ou treinamento, como no Iraque, Mali ou Níger".


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895