Ao menos 40 trabalhadores ficam presos após colapso de túnel na Índia

Ao menos 40 trabalhadores ficam presos após colapso de túnel na Índia

Desabamento ocorreu neste domingo na região do Himalaia, quando um grupo de trabalhadores saía do túnel

publicidade

Pelo menos 40 trabalhadores ficaram presos, neste domingo (12), no desabamento do túnel rodoviário que estavam construindo, no estado de Uttarakhand, no norte da Índia, disse um funcionário dos serviços de resgate. 

"Cerca de 200 metros do túnel desabaram", disse Durgesh Rathodi, do local, à AFP. 

"Cerca de 40 ou 41 trabalhadores estão presos lá dentro. O oxigênio está sendo fornecido através dos escombros, mas mais destroços estão caindo enquanto as equipes de resgate tentam remover a obstrução", acrescentou. 

O desabamento ocorreu neste domingo na região do Himalaia, quando um grupo de trabalhadores saía do túnel, e uma equipe substituta chegava. 

O túnel de 4,5 quilômetros de comprimento está sendo construído entre Silkyara e Dandalgaon para conectar os dois importantes santuários hindus de Uttarkashi e Yamnotri. 

Imagens divulgadas pelas equipes de resgate mostram enormes blocos de concreto bloqueando o túnel, com barras de metal retorcidas no telhado saindo dos escombros. 

"Rezemos para que os trabalhadores presos dentro do túnel saiam em segurança", escreveu o ministro-chefe de Uttarakhand, Pushkar Singh Dhami, na rede social X. 

Um policial disse à agência Press Trust of India que os socorristas estavam "muito otimistas" com o desfecho do incidente. 

Este túnel faz parte do projeto Char Dam Road, concebido para melhorar as conexões com alguns dos santuários hindus mais populares do país, assim como com regiões próximas da fronteira com a China. 


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895