Após deslizamentos de terra 2.000 pessoas foram evacuadas no norte da Índia

Após deslizamentos de terra 2.000 pessoas foram evacuadas no norte da Índia

Devido a ação humana, fenômeno está se tornando mais intenso

AFP

Após deslizamentos de terra 2.000 pessoas foram evacuadas no norte da Índia

publicidade

Ao menos 2.000 pessoas foram evacuadas nesta sexta-feira (13) depois que um deslizamento de terra no ecologicamente frágil setor norte do Himalaia bloqueou um importante rio, informaram as autoridades. As pessoas foram evacuadas de 13 cidades na área de Lahaul, no estado de Himachal Pradesh, como uma "medida preventiva" em caso de inundações repentinas, disse à AFP um alto funcionário do distrito.

Centenas de toneladas de rochas e outros escombros deslizaram e bloquearam parcialmente o Chenab, um dos maiores rios da região, impedindo por várias horas o fluxo da água. Este é o segundo deslizamento de terra registrado esta semana neste estado do norte, que faz fronteira com o Tibete.

Na quarta-feira, 12 pessoas morreram depois que um ônibus e outros veículos que circulavam por uma estrada foram soterrados por rochas e barro. Ainda não se sabe o paradeiro de 16 pessoas, segundo informações da mídia local. Outros treze foram retirados dos escombros.

Os deslizamentos de terra são um risco comum na região, especialmente na temporada de monções, mas os especialistas dizem que estão se tornando mais comuns.

Ação humana

A mudança climática, assim como o derretimento das geleiras, está fazendo com que os monções sejam mais intensos. Os especialistas também culpam a construção de represas hidrelétricas e o desmatamento.

Em fevereiro, uma grande inundação repentina se precipitou por um vale remoto no estado vizinho de Uttarakhand, matando cerca de 200 pessoas.

Veja Também


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895