Coreia do Norte “não tem intenção” de se reunir com EUA em Pyeongchang
capa

Coreia do Norte “não tem intenção” de se reunir com EUA em Pyeongchang

Representantes dos dois países poderiam se encontrar durante cerimônia de abertura

Por
AFP

Mike Pence representará os EUA na abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno

publicidade

A Coreia do Norte não tem intenção de se reunir com responsáveis americanos durante os Jogos Olímpicos de Inverno, que começam a partir de sexta-feira, na cidade sul-coreana de Pyeongchang, assegurou a agência estatal norte-coreana nesta quinta-feira.

“Não temos nenhuma intenção de nos reunirmos com as autoridades americanas durante nossa visita ao Sul”, declarou Cho Yong-Sam, um alto responsável do Ministério das Relações Exteriores norte-coreano, segundo a agência de notícias KCNA. “Nunca imploramos um diálogo com os Estados Unidos e nunca o faremos”, disse.

Mas seus comentários não descartaram definitivamente um encontro, como tampouco o fez o vice-presidente americano, Mike Pence, que estará na Coreia do Sul nesta quinta-feira. “Não pedi uma reunião, mas veremos o que acontece”, afirmou Pence durante uma escala no Alasca rumo a Coreia.

Espera-se que Kim Yong-Nam, o chefe de Estado honorário da Coreia do Norte, que lidera a delegação de seu país, e Pence compareçam à cerimônia de abertura na sexta-feira em Pyeongchang, de modo que eles poderiam coincidir na mesma sala de recepção para líderes.

Nesta quarta-feira, Pence anunciou que os Estados Unidos imporão suas sanções mais duras até hoje contra o regime norte-coreano. O vice-presidente também alertou contra a propaganda da Coreia do Norte, depois que Pyongyang enviou um grupo de artistas, esportistas e a irmã do líder norte-coreano Kim Jong-Un a Coreia do Sul. “Não se deve permitir a Coreia do Norte sequestrar a mensagem e as imagens dos Jogos Olímpicos”, avisou Pence.