Erdogan ameaça retomar ofensiva se cessar-fogo não for respeitado
capa

Erdogan ameaça retomar ofensiva se cessar-fogo não for respeitado

Turquia deu prazo de 120 horas para fim de confrontos no norte da Síria

Por
AFP

Turquia deu prazo de 120 horas para fim de confrontos no norte da Síria

publicidade

O presidente turco Recep Tayyip Erdogan declarou nesta sexta-feira que a ofensiva no nordeste da Síria será retomada na noite de terça-feira se as forças curdas não se retirarem deste setor, conforme previsto no acordo de trégua na quinta-feira.

"Se as promessas forem respeitadas na noite de terça-feira, a questão da zona de segurança será resolvida. Caso contrário, a operação 'Peace Spring' será retomada quando o prazo de 120 horas expirar", disse Erdogan em um comunicado.

Mais cedo, um porta-voz militar curdo denunciou que a Turquia está violando o cessar-fogo no norte da Síria e continua tomando civis como alvo de seus bombardeios e disparos. "Apesar do acordo de cessar-fogo, os bombardeios e os disparos continuam e tomam como alvos milicianos, a população civil e o hospital de Ras al Ain", localidade do norte da Síria que foi cenário de violentos combates nos últimos dias, afirmou Mustafah Ali. Na quinta-feira à noite, a Turquia aceitou um cessar-fogo de cinco dias e os curdos se declararam disposto a respeitar a medida.