Escritório do presidente eleito da Bolívia sofre ataque a bomba

Escritório do presidente eleito da Bolívia sofre ataque a bomba

Luis Arce, que foi ministro no governo de Morales, toma posse neste domingo

AFP

Escritório do presidente eleito na Bolívia é atacado

publicidade

Um artefato explodiu na noite de quinta-feira do lado de fora da sede de campanha do presidente eleito da Bolívia, Luis Arce, enquanto ele participava de uma reunião no local - informa um comunicado divulgado nesta sexta-feira. Não houve danos, nem vítimas.

"Fomos vítimas de um atentado de um grupo que deixou um artefato de dinamite na Casa de Campanha (em La Paz), onde estava reunido nosso próprio presidente eleito Luis Arce", declarou o porta-voz do Movimento ao Socialismo (MAS), Sebastián Michel, citado no comunicado.

Veja Também

"Estamos com muita preocupação com o que está acontecendo", acrescentou o porta-voz do partido de Arce e do ex-presidente Evo Morales (2006-2019), que lamentou que "não se ofereça a segurança necessária" ao novo presidente, eleito pela "maioria do povo boliviano", em 18 de outubro.

A polícia chegou ao local depois da explosão, causada, supostamente, por manifestantes que participavam de um comício político rival que passou pela Casa de Campanha, segundo o MAS. Arce, que foi ministro da Economia de Morales, toma posse neste domingo.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895