FBI investiga tiroteio em Buffalo como "crime de ódio"

FBI investiga tiroteio em Buffalo como "crime de ódio"

Jovem de 18 anos invadiu um supermercado hoje e abriu fogo no local

AFP

Polícia deteve o suspeito do massacre

publicidade

O FBI informou neste sábado (14) que está investigando o tiroteio que deixou 10 pessoas mortas em um mercado da cidade de Buffalo, Nova York, nos Estados Unidos, como um "crime de ódio". "Estamos investigando este incidente como um crime de ódio e um caso de extremismo violento com motivação racial", disse à imprensa Stephen Belongia, agente especial do escritório do FBI em Buffalo.

Um jovem de 18 anos invadiu um supermercado hoje e abriu fogo para matar dez pessoas e ferir outras três. Eles estava "armado com um rifle muito potente", informou o jornal The Buffalo News, com base em declarações de um oficial da polícia presente no local do crime e de outra fonte próxima às autoridades.

Ainda de acordo com o jornal, cinco corpos foram encontrados no estacionamento do supermercado. O suspeito foi preso.

Veja Também



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895