Furacão Dorian danifica mais de 13 mil casas nas Bahamas

Furacão Dorian danifica mais de 13 mil casas nas Bahamas

Ventos de aproximadamente 300 km/h atingiram arquipélago do Caribe

Por
AFP

Cruz Vermelha informou que ainda não á imagem completa da catástrofe


publicidade

Cerca de 13.000 casas podem ter sido danificadas ou destruídas pela passagem do furacão Dorian nas Bahamas, cujos ventos próximos a 300 km/h atingiram o arquipélago do Caribe, afirmou a Cruz Vermelha nesta segunda-feira.

"Ainda não temos uma imagem completa do que aconteceu. Mas o furacão Dorian teve um impacto catastrófico", disse Sune Bulow, chefe do Centro de Operações de Emergência da Federação Interamericana de Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho.

Na categoria 5, Dorian chegou ao domingo no Elbow Cay das Ilhas Ábaco, no noroeste das Bahamas, sendo o furacão mais poderoso a impactar o arquipélago de cerca de 700 ilhas.

O Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos classificou o fenômeno como o segundo mais forte registrado na bacia do Atlântico. "Estamos enfrentando um furacão (...) como nunca vimos antes na história das Bahamas", disse Hubert Minnis, primeiro-ministro do arquipélago, que começou a chorar durante a entrevista coletiva.