Governo não prevê voos adicionais de repatriação de brasileiros em Israel

Governo não prevê voos adicionais de repatriação de brasileiros em Israel

Oitavo voo decolou hoje de Tel Aviv e deve chegar no Brasil na madrugada desta segunda-feira

Correio do Povo

publicidade

O governo do Brasil afirmou neste domingo que não estão previstos voos adicionais de repatriação de brasileiros em Israel "tendo em conta as condições locais atuais e a operação regular do aeroporto de Ben Gurion". O oitavo voo, com 211 passageiros, incluindo 12 crianças de colo, decolou hoje de Tel Aviv. Seu pouso está previsto para o início da madrugada desta segunda-feira. 

No total, desde o dia 10 de outubro, 1.410 brasileiros e 3 bolivianas, além de mais de 50 animais domésticos, deixaram Israel em voos da FAB na Operação Voltando em Paz. O Ministério das Relações Exteriores mantém a orientação, como tem feito desde a eclosão do conflito, no sentido de que todos os nacionais que possuam passagens aéreas, ou condições de adquiri-las, embarquem em voos comerciais a partir do aeroporto Ben-Gurion, que segue operando.

Grupo de cerca de 30 brasileiros e familiares diretos que aguardam retirada da Faixa de Gaza segue abrigado nas localidades de Khan Younis e Rafah, nas proximidades da fronteira com o Egito. O governo brasileiro, por meio do Escritório de Representação do Brasil em Ramala, mantém permanente contato com os nacionais.

Veículos contratados pelo Itamaraty seguem de prontidão, aguardando a autorização para o trânsito do grupo pelo terminal de Rafah, aberto novamente hoje para a entrada, limitada, de material de ajuda humanitária.

O governo afirma que continua reiterando gestões, em alto nível, com vistas a viabilizar a entrada dos brasileiros no Egito. Uma aeronave utilizada pela Presidência da República permanece no Cairo, aguardando autorização para resgatar os brasileiros procedentes da Faixa de Gaza.

O governo brasileiro volta a desaconselhar quaisquer deslocamentos não essenciais para a região. Os plantões consulares da Embaixada em Tel Aviv (+972 (54) 803 5858) e do Escritório de Representação em Ramala (+972 (59) 205 5510), com “WhatsApp”, permanecem em funcionamento para atender nacionais em situação de emergência. O plantão consular geral do Itamaraty também pode ser contatado por meio do telefone +55 (61) 98260-0610.


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895