Incêndio em petroleiro faz 18 feridos em porto sul-coreano
capa

Incêndio em petroleiro faz 18 feridos em porto sul-coreano

Guarda Costeira abriu uma investigação sobre a causa do incidente

Por
AFP

publicidade

Uma grande explosão a bordo de um navio petroleiro em um porto sul-coreano provocou, neste sábado, um incêndio que se espalhou para um segundo barco, ferindo 18 pessoas de acordo com as autoridades.

Os bombeiros lutavam para conter as chamas que geravam uma imponente coluna de fumaça preta no porto de Ulsan, no sudeste do país. As 25 pessoas a bordo do petroleiro com bandeira das Ilhas Cayman e os 21 marinheiros no segundo navio foram resgatados pela Guarda Costeira, que abriu uma investigação sobre a causa do incidente.

Doze marinheiros ficaram feridos, bem como seis socorristas, informou a agência sul-coreana Yonhap. Pelo menos nove dos feridos são sul-coreanos. O vice-cônsul da Rússia em Busan disse que a tripulação do petroleiro era composta por dez russos, incluindo o capitão, e que nenhum ficou "gravemente ferido". "Alguns receberam atenção médica no local, mas nenhum russo foi hospitalizado", disse Evgeny Evdokimov, citado pela agência estatal Tass.

"Não havia reparos ou operações de carregamento em andamento no navio no momento da explosão. Algo aconteceu na carga que causou a explosão e o incêndio".