Indianas são agredidas por resistir à tentativa de estupro
capa

Indianas são agredidas por resistir à tentativa de estupro

Mãe e filha foram agredidas em ruas de vilarejo após reagir a crime

Por
AFP

publicidade

Uma mãe e sua filha tiveram seus cabelos raspados e foram expostas nas ruas de seu vilarejo na Índia, depois de resistirem a uma tentativa de estupro por parte de um grupo de homens, informou nesta sexta-feira a polícia local. Na Índia, o número de crimes sexuais contra as mulheres é muito alto, especialmente nas áreas rurais, onde vive a maioria dos seus 1,3 bilhão de habitantes.

Um dos representantes da cidade de Bihar, Mohomad Khurshid, invadiu na quarta-feira com seus cúmplices a casa das mulheres e tentou estuprar a jovem de 19 anos, recém-casada, disse a polícia. Ela e sua mãe, cujo marido ganha a vida pedindo esmolas, resistiram.

Mulheres então foram agredidas e levadas a um cabeleireiro para raspar suas cabeças, explicou a mãe aos investigadores. "Atualmente, apenas seis dos suspeitos no caso foram detidos. A polícia está realizando operações para prender os outros, foragidos desde o incidente", disse à AFP o policial Sanjay Kumar. O responsável da cidade e o cabeleireiro estão entre os detidos.