Johnson convocará eleições em 14 de outubro, se for derrotado no Parlamento
capa

Johnson convocará eleições em 14 de outubro, se for derrotado no Parlamento

Eleição deve ser confirmada pelo voto de dois terços da Câmara dos Comuns

Por
AFP

Johnson tem apenas a maioria absoluta de uma votação na Câmara Baixa

publicidade

O premiê conservador britânico, Boris Johnson, convocará eleições legislativas antecipadas em 14 de outubro, se o governo sofrer uma derrota no Parlamento em relação ao Brexit - disse uma fonte do governo nesta segunda-feira. A mesma fonte afirmou ainda que se, como se espera, os deputados conservadores rebeldes se unirem à oposição para derrotar Johnson em uma votação, nesta terça, o governo apresentará na quarta-feira ao Parlamento uma moção para pedir eleições antecipadas.

"O primeiro-ministro não quer uma eleição, mas isso dependerá da decisão dos deputados na votação amanhã", advertiu o funcionário ouvido pela AFP. Uma derrota para o governo "destruiria sua posição negociadora e tornaria impossível o Reino Unido negociar um acordo com Bruxelas", explicou.

De qualquer modo, a realização de uma eleição deve ser confirmada pelo voto de dois terços da Câmara dos Comuns. Neste caso, deveria surgir uma maioria a favor de eleições antecipadas, já que Johnson tem apenas a maioria absoluta de uma votação na Câmara Baixa.